Images

Gênesis 2:1-3 - O primeiro sábado


O primeiro sábado

Gênesis 2:1-3

No sétimo dia Deus não tocou mais na terra - "descansou" pois havia completado o que planejara, e julgou que tudo era muito bom.

Por isso Deus abençoou o dia sétimo - que chamamos sábado, e o santificou.
Assim a semana é composta de sete dias, até hoje, no mundo inteiro.

Muitos sabatistas utilizam esta passagem para reforçar o mandamento do descanso do sábado.

Todas as ordenações que aparecem especificamente em Gênesis são sempre acompanhadas com exemplos específicos.

A única ordem que Deus deu o Adão foi lavrar a terra Gênesis 2:5, dar nome aos animais e não comer do fruto proibido

Porém, isto não pode ser dito do sábado semanal.

Gênesis 2:2,3 não menciona um mandamento ou ordem se quer, nem por dedução, ordenando o homem a descansar todo sétimo dia da semana.

E nenhum exemplo é dado de alguém guardando o sábado.

É verdade que a lei mosaica do sábado está ligada com o descanso de Deus em Gênesis.

Porém o simples fato de Deus santificar algo ou descansar não implica em mandamento.

O sentido moral é a necessidade de se descansar um dia por semana, valendo para este fim qualquer deles.

O apóstolo Paulo também escreve com muita propriedade:

"Um faz diferença entre dia e dia; outro julga iguais todos os dias. Cada um tenha opinião bem definida em sua própria mente. Quem distingue entre dia e dia para o Senhor o faz; e quem come para o Senhor come porque dá graças a Deus; e quem não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus" (Romanos 14:5,6).

Em Cristo;

A seguir, Deus o grande Maestro

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

24 comentários:

  1. Realmente, o texto biblico não cita que Deus ordenou que se guardasse o sábado. Mas responda por favor: Deus sente cansaço físico? Ele se fadiga?
    então porque acha que Deus descançou no sábado? a resposta é simples:
    Deus é nosso PAI! e COMO NOSSO PAI, ELE TEM QUE NOS DAR BOM EXEMPLO. por isso ele descançou no Sábado para que nós aprendessemos que como ele nós também deveríamos descançar. E a oredem para se guardar esse dia, veio mais tarde muito bem expressa em êxodo 20:8 onde Deus ordena a guarda do dia santo. e em muitas outras passagens. Com relação ao dia de se guardar, Exodo é claro em dizer que Deus citou o sábado. " LEMBRATE DO SÁBADO PARA O SANTIFICAR...pois o SÉTIMO dia É O SÁBADO do senhor teu Deus.Mais no sétimo dia descançou, por isso abençoou o dia sétimo e o santificou.Deus abençoou o sábado: Porque descançou conforme o texto.
    e romanos 14,5 e 6 não dá a entender que o dia de guarda é opcional. pois o próprio escritor de romanos, Paulo, guardava o sábado.Atos 13;14,44- eles iam a igreja no sábado, e se reuniam para ouvir a palavra de Deus.16:13- no sábado saíram em busca de um lugar de oração. Atos 17:1-2- Paulo foi a igreja por tres sábados segundo era seu costume. ele tinha o hábito de ir a igreja nos sábados. Atos 18:4- todos os sábados ele ia na igreja para falar de Deus. Além disso, a distinção entre dias e dias a qual cita o texto bíblico, não se refere aos dias semanais e sim aos sábados festivos da lei cerimonial. eram sete sábados cerimonias. e achacvam que um sadado era mais que outro a prova de que se trata de sábados cerimonias, está no trexo do próprio texto que compara o distinção de dias, e também o comer ou não para o senhor. as comidas faziam parte desses sábados festivos anuais instituidos pelo próprio Deus. Amigo, esclareça-se melhor a respeito deste assunto. Pois você está cometendo um grande erro. está indo cntra uma lei que Deus escreveu com o próprio dedo dele em tábuas de pedra. Que Deus te ilumine sempre. um grande abraço
    Ass: Talita Cristiane Correia Rossi. 24 anos- Adventista do sétimo dia a 24 anos também

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não sou adventista mas concordo com o anonimo 23 de julho de 2010 19:29

      Excluir
    2. o sabado era mandamento da morte e não tem nada aver com a vida que é Cristo

      Excluir
    3. quem guarda sabado está debaixo de maldição da lei

      Excluir
    4. o sabado era mandamento da morte e não tem nada aver com a vida que é Cristo

      Excluir
  2. Obrigado Talita pelas informações. Vou me inteirar mais a respeito do assunt'.
    Por hora quero lhe dizer que tenho uma grande adimiraçào pelos Adventistas por sua dedicação e amor ao Senhor ao guardar o sábado.

    Que Deus lhe abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claiton, gostei da sua resposta, mostrou humildade, porém espero realmente que já tenha se inteirado sobre o assunto, e aceitado o que a BÍBLIA diz sobre o dia SÉTIMO, dia do SENHOR.

      Excluir
  3. Em "Romanos 14:5 e 6 " Paulo está falando claramente sobre a LEI CERIMONIAL ABOLIDA POR JESUS NA CRUZ e não sobre a Lei MORAL, OU SOBRE O SÁBADO SÉTIMO DIA dos Dez mandamento e nem mesmo do SÉTIMO DIA DA CRIAÇÃO
    SÁBADOS CERIMONIAIS:
    Em Levítico, capítulos 16 e 23, e Números, capítulos 28 e 29, estão enumerados os vários dias de festa para os israelitas, como sejam: a Páscoa (Números 28:16); a Festa dos Pães Asmos (Números 28:17); a Festa da Colheita ou Pentecostes (Êxodo 23:16 e 34:22; Números 28:26; Atos 2:1); a Festa das Trombetas (Números 29:1); o Dia da Expiação (Números 29:7) e a Festa dos Tabernáculos (Êxodo 23:16; Levítico 23:34; Números 29:12).

    O que foi abolido na cruz, segundo o próprio Apóstolo Paulo ( citado ) foi em Efésios 2:14-15..." a LEI DOS MANDAMENTOS NA FORMA DE O-R-D-E-N-A-N-Ç-A-S ( LEIS CERIMONIAIS )" QUE APONTAVAM PARA A 1ª VINDA DE JESUS E QUE OS JUDEUS DA ÉPOCA INSISTIAM EM CONTINUAR PRATICANDO . Numa AFIRMAÇÃO ENFÁTICA DE JESUS, ELE DE SUA PRÓPRIA BOCA DIZ : NÃO PENSEIS QUE VIM "ABOLIR A LEI"(ÊXODO 20 E DEUTERONÔMIO 5) DEZ MANDAMENTOS ETERNOS) OU O QUE OS PROFETAS DISSERAM, NÃO VIM ABOLIR ABOLIR A LEI"( DEZ MANDAMENTOS), MAS DAR VERDADEIRO SENTIDO AO QUE FOI DITO. TEMOS MUITO MAIS A DIZER SOBRE ESSE ASSUNTO POIS A BÍBLIA É RIQUÍSSIMA EM ESCLARECÊ-LO ... OS DEZ MANDAMENTOS SÃO ETERNOS E IMUTÁVEIS ! JESUS DISSE ( JESUS DISSE. OK?) SE QUERES ENTRAR NA VIDA ETERNA : GUARDA OS MANDAMENTOS.MATEUS 19:16 A 22

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está corretíssima! E qualquer pessoa que leia a bíblia pedindo esclarecimento do Espirito Santo conseguirá entender isso!
      Estarei orando para que nosso Pai que está no céu possa abrir o entendimento de qualquer pessoa que possa ter alguma dúvida a respeito!
      Uma boa noite a todos!

      Excluir
  4. "O sentido moral é a necessidade de se descansar um dia por semana, valendo para este fim qualquer deles" -- Eu ainda acrescentaria a sua análise o seguinte contexto, muitas vezes esquecido por nós, devido ao nosso estilo de vida atual:

    "... valendo para este fim qualquer um deles, uma vez que você veja a sua obra planejada concluida."

    É comum, infelizmente, que pessoas hoje vão às igrejas, mas esquecem a boa prática de agradecer as conquistas, que nós, a exemplo de nosso Pai, precisamos traçar, nos esforçar, e nos alegrar em cada momento da vida.

    Um abraço,

    ResponderExcluir
  5. E o quarto mandamento escrito por Deus com seu próprio dedo é oque?????

    ResponderExcluir
  6. O SÉTIMO DIA
    (DN.4.2) Pareceu-me bem fazer conhecidos os sinais e maravilhas que Deus, o Altíssimo, tem feito para comigo,; (EF.2.7) para mostrar nos séculos vindouros a suprema riqueza da sua graça em bondade para conosco em Cristo Jesus; (1CO.15.45) pois assim está escrito:
    (GN.2.3) – E ABENÇOOU DEUS O DIA SÉTIMO, E O SANTIFICOU; PORQUE NELE DESCANSOU DE TODA A OBRA QUE, COMO CRIADOR, FIZERA: (AR.85.6)
    E o que o Senhor quer dizer com as 85 letras e 6 sinais acima é isto:
    SOU O ESPÍRITO QUE DESCEU DO CÉU, CRIANDO A SUA FÉ; E FAÇO SANTO O QUE É BATIZADO COM NOME DE ARNALDO RIBEIRO: (IL.85.6)
    (Lc.12.50 – Tenho, porém, um batismo com o qual hei de ser batizado; e quanto me angustio até que o mesmo se realize; (IS.21.16) porque assim me disse o Senhor: (1RS.18.31) Israel será o teu nome, (LS..9.6) porque ainda que algum seja consumado entre os filhos dos homens, se estiver ausente dele a tua sabedoria, será reputado como nada.(LC.4.21) Hoje se cumpriu a escritura que acabais de ouvir: (LC.6.5) O Filho do Homem é Senhor do sábado:
    E agora José? Ou melhor, Chico?...

    ResponderExcluir
  7. Paulo não guardava o sábado não, ele ia na igreja de sábado, como tem varias passagens que ele ia de domingo, nem por isso faz ele um guardador de domingo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na Bíblia o primeiro dia da semana nunca é chamado de domingo! Nem é chamado de dia santo, nem existe qualquer indicação de que deveria ser separado como um dia de adoração.
      Só existem oito textos nas Escrituras que falam do primeiro dia da semana; Se na Bíblia existe alguma ordem ou permissão para a troca do sétimo para o primeiro dia da semana, tem que estar nestes oito textos.
      Vamos fazer um exame crítico dos oito textos que mencionam o primeiro dia da semana e ver se existe uma autorização Bíblica para a mudança?
      1º – Mateus 28:1. “E, no fim do Sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.”
      Você achou que aqui existe alguma coisa indicando que Deus mudou o dia de adoração do sábado para o domingo? Está claro que não!
      Este texto foi escrito no ano 62 d.C., 31 anos depois da ressurreição de Jesus. Ele só descreve que Maria Madalena e Maria a Mãe de Jesus, estão esperando terminar o sábado de descanso para irem ver o corpo de Jesus. Ao contrário este é mais um texto que prova que, após a morte de Jesus, o dia que se guardava era o Sábado.
      2º – Marcos 16:2. “E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã cedo, ao nascer do Sol.”
      No verso 1, fala que elas esperaram passar o Sábado. Este texto também foi escrito 31 anos após a morte de Jesus, em Marcos 2:28, Marcos menciona que o Sábado é o Dia do Senhor e desconhece completamente o domingo.
      3º – Marcos 16:9. “E Jesus, tendo ressuscitado na manhã do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena…”
      Este texto também foi escrito 31 anos após a ressurreição de Jesus. Também não fala nada sobre guardar o domingo. Dá pra notar, que Jesus teve todo o cuidado de não violar o sábado nem na sua morte. Seus trabalhos de criação e redenção foram realizados honrando o Sábado.
      4º – Lucas 24:1. “E no primeiro dia da semana, muito de madrugada, foram ao sepulcro, levando as especiarias que tinham preparado.”
      Lucas escreveu isso no ano 64 D.C., 33 anos depois da ressurreição do Senhor,. Não vemos nada nem ninguém dizendo sobre guardar o domingo. Pelo contrário, Lucas faz questão de deixar claro no capítulo 23, no verso 56 seu conceito sobre o sábado.. . veja: “E voltando elas, no Sábado repousaram, conforme o mandamento.”
      5º – João 20:1. “E no primeiro dia da semana Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro.”
      Este texto foi escrito no ano 97 d.C., 66 anos depois de Jesus ressuscitar, e também não diz nada a favor do domingo.
      6º – João 20:19. “Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro dia da semana, e trancadas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus… e disse-lhes: Paz seja convosco.”
      Este texto não fala nem sequer que os discípulos se reuniram para um culto. Pelo contrario, só estavam ali escondidos por causa do medo! Apenas isso!
      :

      Excluir
    2. 7º – Atos 20:7. “E, no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo que havia de viajar no dia seguinte, falava com eles; e prolongou o discurso até à meia noite.”
      Esta era à noite de sábado. Eles haviam passado o sábado todo, juntos, como era seu costume (Atos 17:2); e, ao terminar o dia, no pôr-do-Sol, e começar o primeiro dia (início da noite de Sábado), Paulo que teria de partir no dia seguinte, desejou usufruir da presença dos discípulos, e isso foi até à meia noite. Você notou que Paulo, evitou iniciar uma viagem no Sábado?
      8º – “No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte, em casa, conforme a sua prosperidade, e vá ajuntando para que se não façam coletas quando eu for.” 1ª Coríntios 16:2.
      Paulo soube que os crentes de Jerusalém (Atos 11:28 e 29) estavam em grandes necessidades, e os discípulos decidiram socorrê-los.
      Paulo então pediu aos irmãos que EM CASA, e não na igreja, no primeiro dia da semana, fossem ajuntando alguma coisa; dinheiro, alimento, roupa, sandálias… Paulo estava organizando o trabalho de assistência social, apenas isso.
      Bem, aqui foram os únicos oito versos da Bíblia onde aparece o primeiro dia da semana citado. Você achou que em alguns destes textos Deus mandou mudar o dia de guarda para o domingo? Achou que em algum deles há provas de que os discípulos guardavam o domingo?

      Excluir
    3. QUEM MUDOU O DIA DE GUARDA, E QUANDO ISTO ACONTECEU?
      Bem logo depois que Jesus subiu ao céu, o cristianismo começou a ser perseguido terrivelmente! Os grandes e terríveis shows de crueldade no Coliseu eram espetáculos de morte!
      Durante muitos anos os cristãos foram perseguidos até a morte. Morriam homens, mulheres e crianças.
      O problema para Roma, era que apesar de perseguir e matar muitos cristãos, eles não conseguiam matar o cristianismo! O sangue dos cristãos na terra era como semente que fazia com que aparecessem mais e mais cristãos!
      Nenhum imperador Romano, por mais poderoso que tenha sido, conseguiu vencer o cristianismo pelo medo! A perseguição foi em vão!
      Mas você conhece aquele velho ditado: Se você não pode com eles, então junte-se a eles!
      Assim, um imperador, muito esperto, decidiu que não iria mais lutar contra o cristianismo, ao contrário iria unir-se aos cristãos. Ele resolveu se declarar cristão, e agora fez com que o cristianismo passasse a ser a religião oficial do Estado. O nome deste imperador era Constantino. Só que Constantino era pagão, amava a outros deuses, guardava outro dia, a Bíblia para ele não valia nada!
      Assim, Constantino parou com a perseguição, e o que muitos pensaram que era uma bênção, foi uma maldição! Isto porque Constantino começou a introduzir dentro do cristianismo as coisas nas quais ele acreditava! Aos poucos ele foi fabricando um cristianismo que era a sua própria cara!
      Constantino, que era pagão portando, idólatra (adorava a ídolos) , introduziu dentro do cristianismo a adoração de imagens. E isso, depois que o Novo Testamento já tinha sido completado e que todos os apóstolos já tinham morrido, no dia 7 de março de 321 AD, Constantino o Grande promulgou a primeira lei civil acerca do domingo, ordenando que todas as pessoas do império romano, exceto os fazendeiros, deveriam descansar no domingo.
      Foi o primeiro Decreto Dominical. De 07/03/321, e dizia o seguinte:
      “Devem os magistrado e as pessoas residentes nas cidades repousar, e todas as oficinas serem fechadas no venerável dia do Sol…

      Excluir
    4. DECLARAÇÕES IMPORTANTES DE DIVERSAS RELIGIÕES
      CONGREGACIONALISTAS: “Não existe na Bíblia mandamento que requeira de nós a observância do primeiro dia da semana como sendo o sábado cristão.” – Mode and Subjects of Baptism, por Fowler.
      METODISTAS: “É certo não haver mandamento para o batismo infantil… tampouco o há para santificar o primeiro dia da semana.” – Theological Compend (1902), Rev. Amós Binneyas, 180 e 181.
      LUTERANOS: “A observância do domingo não se baseia em nenhum mandamento de Deus, mas sim na autoridade da igreja.” – Augsburg Confession of Faith citado em Cox’s Sabbath Manual, pág. 287.
      PRESBITERIANOS: “Deus instituiu o sábado na criação do mundo separando para este fim o sétimo dia, e impôs sua observância como obrigação universal, moral e perpétua.” – Dr. Archibaldo A. Hodge, da Comissão Presbiteriana de Publicidade.
      PENTECOSTAIS: “A Bíblia nos mostra a sagrada Lei de Deus: ‘faça isto’, ‘não farás!’. ÊXODO CAPITULO 20. E essa Lei deveria ser observada, cumprida rigorosamente… – Lições Bíblicas, 7-12/1966, Dir. Respons. Pastor Emílio Conde, pág. 12.
      BATISTAS: “Cremos que a Lei de Deus é a base ETERNA E IMUTÁVEL do Seu governo moral (Rom. 3: 31. Mat. 5: 17. Luc. 16:17. Rom. 3:20); que essa Lei é santa, justa e boa (Rom. 7: 12. Sal. 119);… que um dos principais objetivos do evangelho é o de libertar os homens do pecado e restaurá-los em Cristo a uma obediência sincera dessa santa lei, …(Rom. 8:2-4. Heb. 8: 10. Heb. 12.22-25).” – Manual das Igrejas Batista, por Willian Carey Taylor, 4a. Edição, 1949, pág. 178, Artigo XII – Casa Publicadora Batista.
      MÓRMONS – “Há aqueles que gostariam de destruir o DECÁLOGO, OU OS DEZ MANDAMENTOS… Tais mandamentos não foram ab-rogados, nem anulados e estão em vigor hoje da mesma forma como estiveram quando pronunciados em meio aos trovões no Monte Sinai, embora não sejam observados.” – Joseph Fielding Smith, The Heed to Yourselves, pág. 133.
      CATÓLICOS – “Nós, católicos romanos, guardamos o domingo, em lembrança da ressurreição de Cristo, e por ordem do chefe de nossa igreja…” – Pe. Júlio Maria, em Ataques Protestantes, p. 81.
      E então? O que você acha? Estava aí sua religião?
      Se sua religião acredita nisto, o que você está fazendo? O que você irá fazer?
      Mas pense bem: A palavra de Deus não seria o suficiente para que você obedecesse?

      Excluir
    5. DECLARAÇÕES IMPORTANTES DE DIVERSAS RELIGIÕES
      CONGREGACIONALISTAS: “Não existe na Bíblia mandamento que requeira de nós a observância do primeiro dia da semana como sendo o sábado cristão.” – Mode and Subjects of Baptism, por Fowler.
      METODISTAS: “É certo não haver mandamento para o batismo infantil… tampouco o há para santificar o primeiro dia da semana.” – Theological Compend (1902), Rev. Amós Binneyas, 180 e 181.
      LUTERANOS: “A observância do domingo não se baseia em nenhum mandamento de Deus, mas sim na autoridade da igreja.” – Augsburg Confession of Faith citado em Cox’s Sabbath Manual, pág. 287.
      PRESBITERIANOS: “Deus instituiu o sábado na criação do mundo separando para este fim o sétimo dia, e impôs sua observância como obrigação universal, moral e perpétua.” – Dr. Archibaldo A. Hodge, da Comissão Presbiteriana de Publicidade.
      PENTECOSTAIS: “A Bíblia nos mostra a sagrada Lei de Deus: ‘faça isto’, ‘não farás!’. ÊXODO CAPITULO 20. E essa Lei deveria ser observada, cumprida rigorosamente… – Lições Bíblicas, 7-12/1966, Dir. Respons. Pastor Emílio Conde, pág. 12.
      BATISTAS: “Cremos que a Lei de Deus é a base ETERNA E IMUTÁVEL do Seu governo moral (Rom. 3: 31. Mat. 5: 17. Luc. 16:17. Rom. 3:20); que essa Lei é santa, justa e boa (Rom. 7: 12. Sal. 119);… que um dos principais objetivos do evangelho é o de libertar os homens do pecado e restaurá-los em Cristo a uma obediência sincera dessa santa lei, …(Rom. 8:2-4. Heb. 8: 10. Heb. 12.22-25).” – Manual das Igrejas Batista, por Willian Carey Taylor, 4a. Edição, 1949, pág. 178, Artigo XII – Casa Publicadora Batista.
      MÓRMONS – “Há aqueles que gostariam de destruir o DECÁLOGO, OU OS DEZ MANDAMENTOS… Tais mandamentos não foram ab-rogados, nem anulados e estão em vigor hoje da mesma forma como estiveram quando pronunciados em meio aos trovões no Monte Sinai, embora não sejam observados.” – Joseph Fielding Smith, The Heed to Yourselves, pág. 133.
      CATÓLICOS – “Nós, católicos romanos, guardamos o domingo, em lembrança da ressurreição de Cristo, e por ordem do chefe de nossa igreja…” – Pe. Júlio Maria, em Ataques Protestantes, p. 81.
      E então? O que você acha? Estava aí sua religião?
      Se sua religião acredita nisto, o que você está fazendo? O que você irá fazer?
      Mas pense bem: A palavra de Deus não seria o suficiente para que você obedecesse?

      Excluir
  8. Caro amigo, por muito tempo eu também tinha o m esmo pensamento que o seu em relação ao Sábado, mas graças a DEUS conheci a verdade e meus olhos se abriram, a Bíblia diz "E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará"....Não vou discutir com vc esse assunto pois meus colegas já esplanaram muitos bem e com muitos versículos....Gostaria que vc desse uma olhada neste Vídeo (Padre fala sobre o Sábado) que vou postar o linck e tire suas próprias conclusões...DEUS o aveçoes!
    https://www.youtube.com/watch?v=Uikwk4c0wrk

    ResponderExcluir
  9. Dê uma olhadinha deste vídeo - Padre falando sobre o Sábado!
    https://www.youtube.com/watch?v=Uikwk4c0wrk

    ResponderExcluir
  10. Para ler e meditar durante a semana
    D – Gn 1.1–2.3 – Um dia de descanso após seis dias de trabalho;
    S – Êx 16.1-36 – O Deus da provisão que garante o sustento;
    T – Êx 23.1-33 – Honestidade, descanso, celebração e fidelidade;
    Q – Êx 31.1-18 – Dedique os dons ao tabernáculo, mas não se esqueça do descanso;
    Q – Dt 5.1-21 – A ratificação dos Dez Mandamentos; S – Mt 12.1-14 – O Senhor do sábado;
    S – Hb 4.1-16 – O descanso garantido por Jesus, o sumo sacerdote compassivo
    Vejamos o que consta no quarto mandamento. O sábado deve ser “lembrado” (v. 8). O vocábulo usado por Moisés na Bíblia Hebraica tem um sentido muito mais extenso do que meramente recordar esporadicamente. Trata-se de estabelecer um “memorial” ou “manter na lembrança” — algo que não podemos esquecer.

    O sábado deve ser “santificado” (v. 8). A ideia da Escritura é separar, consagrar ou tratar como sagrado. A base para essa santificação é o registro da Criação; Deus trabalhou seis dias e descansou no sétimo (v. 11). Entendamos que essa e outras passagens (por exemplo, Gn 2.3; Êx 31.17) utilizam antropomorfismo, ou seja, atribuem a Deus características humanas. Nós não podemos entender essas descrições literalmente. Pelo contrário, como ser divino Todo-Poderoso, Deus não fica inativo, muito menos se cansa (Sl 121.3-4; Is 40.28). O foco do texto é destacar Deus como modelo. Se o próprio Criador guardou o sétimo dia, nós também temos de guardá-lo.

    O modo de praticar o mandamento se encontra em Êxodo 20.9-10. Interromper o trabalho. Simples assim.

    ResponderExcluir
  11. Nas primeiras palavras, ele disse tudo, não tem o que dizer mais nada,Deus não tocou mais na terra, isso é descanso, e nós, não devemos tocar em nada que traga lucro neste dia.

    ResponderExcluir
  12. E não somos como Moisés, que punha um véu sobre a sua face, para que os filhos de Israel não olhassem firmemente para o fim daquilo que era transitório.

    Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido;

    15 E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles.

    16 Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará.
    Bom dia a todos os judaizantes, legalistas e que querem acrescentar algo à morte expiatória de Cristo...

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails