Images

Gênesis 3:16 - A maldição do pecado e o castigo da mulher



A maldição do pecado e o castigo da mulher

Gênesis 3:16

Agora Deus se vira para a mulher e diz;

­_ Eva, vou multiplicar grandemente a sua dor quando você der a luz a seus filhos.

Antes do pecado já havia se estabelecido que a mulher desse a luz; "Frutificai e multiplicai-vos" (cap. 1: 28).

Por isso os embaraços de um parto tinham o propósito de ser uma bênção e não uma maldição. Mas a entrada do pecado significou que de ali em diante a gestação seria acompanhada de muita dor.

Em épocas que não havia a medicina e as maternidades como as de hoje, as dores de parto eram tão intensas que nas Escrituras são apresentadas como um símbolo da mais tremenda angústia corporal e mental (veja em 1 Tes. 5: 3; João 16: 21).

Deus continua;

_ Tem mais Eva, teu desejo será para o teu marido.

A palavra hebréia shuq, "desejo", significa "ter um intenso desejo de uma coisa", o que indica que o mais forte desejo sexual possível seria uma característica apenas de Adão.

Ainda que oprimida pelo homem e torturada pelas dores do parto, a mulher, todavia ainda sentiria um desejo sexual por seu esposo, porém não igual ao dele.

Este desequilíbrio foi transferido para todas as gerações até os dias de hoje. Quem é casado sabe do que estou falando.

O diabo aproveitando este desequilíbrio criou a indústria do sexo e seus derivados como a pornografia, a prostituição, o homossexualismo e a pedofilia. Sem falar nos crimes sexuais bárbaros que tem nos chocados, como temos visto nos noticiários.

Note que todos envolvendo somente homens.

É por isso que o apostolo Paulo aconselhou; _ Mas, se vocês não podem dominar o desejo sexual, então casem, pois é melhor casar do que ficar queimando de desejo. 1° Cor 7:9

É bom lembrar que estes castigos pronunciados por Deus não eram de sua vontade.

Era o resultado da entrada do pecado. Quando Deus criou homem e mulher, e os criou perfeitos.

Como desgraça pouca é bobagem, Deus finaliza as consequências em que resultaram sua desobediência;

_ Tem mais uma coisa Eva, você perdeu também a condição de igualdade com teu esposo, ele te dominará.

Entre a maioria dos povos que não são cristãos, a mulher tem estado submetida, através dos séculos, à degradação e a uma escravatura virtual.

O cristianismo colocou à mulher na mesma plataforma que o homem no que diz respeito às bênçãos do Evangelho (Gálatas. 3: 28).

O pecado levou a mulher a ter muitas dores em seu relacionamento com o homem.

Antes de o pecado entrar no mundo Adão já havia recebido o papel de líder, deveria ser uma benção para todos, com a entrada do pecado perdeu-se o equilíbrio.

O homem tem usado sua força e posição para trazer miséria à mulher. Note os apuros de muitas mulheres através da história e mesmo hoje em muitos lugares.

Felizmente para aqueles que conhecem a Cristo, estes sofrimentos são grandemente reduzidos.

Ainda que o esposo deva ser a cabeça do lar, os princípios cristãos levarão ao homem e a sua esposa a experimentar um verdadeiro companheirismo, onde cada um está tão consagrado à felicidade e bem estar do outro, que nunca mais deverá ocorrer situações em que qualquer deles trate de ser o dominador um do outro.

Cristo nos devolveu o equilíbrio dos papéis do marido e da esposa, como Deus assim estabeleceu no Éden antes do pecado.

No lar onde o homem segue o exemplo de Cristo, a sua "liderança" é uma grande benção para todos [Efésios 5].

Um outro exemplo são os lares administrados por mulheres que insistem em dominar seus esposos, dificilmente serão felizes.

Somente em Cristo poderemos restituir em nossos lares aquilo que foi perdido lá no Éden e tem destruído famílias até os dias de hoje.


Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

17 comentários:

  1. Mais uma vez fica claro que o pecado pode ser perdoado mas uma marca ficará, no caso de eva a dor e o sofrimento do parto, em nossas vidas o mesmo ocorre quando pecamos, Deus nos perdoa porém sempre haverá uma ferida, bom será quando o senhor voltar, toda dor e sofrimento cessará, até lá espero acertar mais que errar, ou seja estar mais perto do senhor...

    ResponderExcluir
  2. É bom lembrar-mos que o pecado sempre deixará feridas e marcas!

    ResponderExcluir
  3. Como seria bom se ja nascessemos com um coracao de verdadeiros adoradores, muitas dores e sofrimentos seriam evitados

    ResponderExcluir
  4. Por que? Justifique, vamos ateu!!!

    ResponderExcluir
  5. Paz a todos, respeito a ideia de que o que Deus disse para eva seria um desejo sexual"TEU DESEJO SERA PARA TEU MARIDO",porem nao vejo muito por esse lado simplesmente pelo fato de qual motivo de Deus transferir o desejo sexual da mulher para o homem, nao tem muita logica, mesmo o homem apos o casamento querer mais sexo que a mulher,que na verdade segundo estudos a mulher tem mais apetite sexual que o homem, porem nao quer mais que o homem por problemas socias que se tornou cultura, a mulher é mais sentimental o homem é bruto, quando o homem se torna sentimental, e começa a ser mais carinhoso com a mulher ocorre de despertar o apetite da mulher, onde mesmo nao conseguria nem aguentar a "abrasao" delas, por isso ocorre o flamigerado corno, quando se encontra longe de Deus o casal, ate mesmo na igreja, enfim vejo aquele desejo como autoridade e poder de governar, seria o mais viavel e logico, pois mesmo hj a mulher tentando se igualar ao homem em tudo, ou tentar dominar em tudo, nunca sera mais forte que o homem ou conseguira no modo geral tirar o dominio do homem na face da terra, nao é pensamento machista, é estatistica e fato, a maldiçao se encacha mais nisso. Nao descarto outras ideias de dominio porem tem que ter mais fundamentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei se você sabe, mas Cristo quebrou toda a maldição em nossa vida...

      Excluir
  6. Quer dizer então que todas as barbaridades como estupros e etc seriam evitados se deus tivesse equilibrado o desejo entre homens e mulheres? que deus bom né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus é bom sim... Bom ao ponto de falar que cada um pode decidir seu destino, nós não somos robôs temos o tão conhecido livre arbítrio, questões como essas que você mencionou não é Deus que vai lá e faz, são os homens que escolheram fazer, mas não haverá um julgamento final, e Deus é justiça meu caro ... Ele é fiel para nos abençoar e nos condenar... Como se dissem tudo que plantamos colheremos!
      E sim Deus é bom!
      Basta ver testemunhos reais, não testemunhos de prosperidades de heresias mas testemunhos de pessoas que se arrependeram de erros antes já cometidos e que hoje vivem uma paz!

      Excluir
  7. Deus é bom o tempo todo, mas não é egoísta da a todos o direito de escolha que conhecemos melhor como livre arbítrio... São sim coisas horríveis que temos visto... Mas porque isso seria culpa de Deus se cada um decide como agir?

    ResponderExcluir
  8. Deus é bom o tempo todo, mas não é egoísta da a todos o direito de escolha que conhecemos melhor como livre arbítrio... São sim coisas horríveis que temos visto... Mas porque isso seria culpa de Deus se cada um decide como agir?

    ResponderExcluir
  9. Só leu um pouquinho e vera q Deus tinha dado o equilíbrio sim desde o inicio, mas 'Eva' e seu marido acabaram com isso. Sendo desobedientes.

    ResponderExcluir
  10. Como Deus poderia multiplicar o que ainda não tinha acontecido. Só se pode multiplicar o que se tem, se ela ainda não tinha tido filhos ainda não havia sentido dores.0x0=0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa colocação. Eu também tenho essa dúvida, sera que ela experimentou antes? Valeu var!

      Excluir
  11. Deus é bom, maravilhoso e perfeito. Ele já sabia que Eva iria comer do fruto proibido, ele vê passado, presente e futuro. Ele não tem culpa de nada, cada um é responsável pela sua própria escolha e consequência. Mesmo errando ele nos perdoa e sempre nos dar o direito de recomeçar. Deus criou luz e treva, cabe a nós escolhermos qual caminho iremos traçar. Nosso mapa é a bíblia, lá estar toda a verdade, nós quem optamos entre uma vida de benção ou maldição Deus sempre foi maravilhoso, mesmo pecando ele nunca desistiu de nós e nunca vai desistir.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails