Images

Gênesis 13:14-18 - Deus dá dicas do tamanho da terra prometida a Abraão.


Deus dá dicas do tamanho da terra prometida a Abraão.

Gênesis 13:14-18

V-14.
Enquanto Ló estava aprendendo que este mundo não pode lhe dar a verdadeira felicidade, Abraão estava desfrutando da comunhão com Deus.

O Senhor Deus então disse a Abrão:
_ Abraão, aí de onde você está, quero que olhe bem para o norte e para o sul, para o leste e para o oeste.

Esta é a quarta ocasião na qual Deus se dirigiu em forma direta ao patriarca. Cada uma destas ocasiões Abraão passava por uma crise em sua vida.

V-15.
_ Eu vou dar a você e aos seus descendentes, para sempre, toda a terra que você está vendo.

A promessa de Deus é imutável. Bem como os descendentes de Abraão tinham de existir diante de Deus para sempre, assim também Canaã sempre tinha de ser sua pátria.

Estas promessas se referem à Aliança da Palestina. A terra da Palestina foi dada como uma concessão perpétua a Abraão e sua semente. É fascinante ver Israel hoje de volta à sua terra.

V-16.
_ Farei com que os seus descendentes sejam tantos como o pó da terra. Assim como ninguém pode contar os grãozinhos de pó, assim também não será possível contar os seus descendentes.

A promessa se expressa com a colorida imaginação oriental, comparando agora a descendência de Abraão com o pó inumerável da terra, como também será comparada depois com as estrelas do céu.

V-17,18.
Obedecendo as instruções de Deus, Abraão se pôs em marcha outra vez.

Até que chegou perto das árvores sagradas de Manre, na cidade de Hebrom e alí armou sua tenda.

Provavelmente alí havia uma grande quantidade de árvores que pertencia a Manre, um Cananita Amorreu que mais tarde chegará a ser amigo e aliado de Abraão.

Hebron hoje
A cidade de Hebron é uma cidade muito antiga e significa comunhão.

Este é o lugar onde Abraão será sepultado (25:9,10) e onde ainda existe um poço, tradicionalmente conhecido como o poço de Abraão.


Poço de Abraão em Israel

Como o tinha feito antes em Siquem, e em Betel, Abraão outra vez deixa sua marca, construindo mais um altar ao Deus verdadeiro, diante dos olhos de seus vizinhos idólatras.
Talvez seja por isso que Abraão conseguiu fazer amizade com os perigosos vizinhos Amorreus e Hititas, talvez devido a sua benéfica influência sobre eles.
E por falar em perigosos vizinhos, como é que deve estar se saindo Ló, lá pelas bandas de Sodoma? Veremos nas próximas postagens...

Em Cristo;

A seguir: Guerra de quatro reis contra cinco.


Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

10 comentários:

  1. Algo interessante, DEUS quando falou com seu servo Abrão, disse-lhe sai da sua terra e da sua parentela, ele deveria ir sem Ló, creio que por amor ao seu subrinho o levou tbem, e é de se notar o coração bom que ele tinha.
    A partir do momento que se separaram DEUS abençoou grandemente a vida de Abrão.
    Nas nossas vidas muitas coisas DEUS nos entrega, mas acabamos dividindo o que DEUS nos dá, não que seja errado, mas há coisas que são somente para nós; seja na vida espiritual ou na material.
    Temos que tomar posse daquilo que DEUS nos dá.
    Não sei se consegui me expressar da maneira que queria, as vezes temos tanto para falar e chega na hora.................some.

    ResponderExcluir
  2. É verdade tatiana, otimo comentario.
    quando o espirito fala por nos
    alcançamos os obigetivos de DEUS.
    UM ABRA......................ÇO.

    ResponderExcluir
  3. Amém....Gloria a DEUS, meu irmão Cesar.

    ResponderExcluir
  4. Irmão Clailton, lá em Genesis 2.-5
    Diz que ainda DEUS não havia feito chover sobre a terra.
    Esse "ainda", não veio a acontecer?
    Porque essa é uma das minhas duvidas, perguntei isso antes, mas não achei onde foi para ver se vc me deu a resposta.
    Isso então não significa que chegou a chover antes do diluvio?
    E como foram regadas e cresceram, e deram frutos, até então?
    Por favor me tira essa duvida.

    ResponderExcluir
  5. Olá Tatiana!

    Provavelmente não havia chuva como agora. Antes era como um orvaho. Ex: Vc não precisa de chuva para fazer as plantas crescerem, mas precisa de água. A água pode ser encontrada de diversas formas, inclusive como o vapor, nas nascentes, rios, lagos, geleiras... Então havia água, mas não chuva. A Terra tinha uma proteção, isso explica a quantidade de anos que as pessoas viviam no princípio. Depois do diluvio, essa camada de proteção que envolvia a Terra foi removida e as pessoas começaram a viver menos.
    Quando Deus anunciou um dilúvio, ninguem acreditou em sua possibilidade, a não ser os que criam em Deus independentemente de encontrar "sentido racional" no que Deus falava.Antes do dilúvio não houve arco iris.

    Em Cristo;

    ResponderExcluir
  6. Ok, muito obrigada pela resposta.

    ResponderExcluir
  7. QUANTA SABEDORIA AH NO COMENTARIO DESSE CLAITON HEIN... REALMENTE EXISTEM MISTERIOS QUE DEUS SOMENTE REVELA A QUEM ELE QUER, DA MESMA MANEIRA ASSIM É O SEU ENTENDIMENTO.

    'GLORIAS ETERNAS SEJAM DADAS AO TEU SANTO NOME ETERNO SENHOR"

    ResponderExcluir
  8. Olá irmão Clailton.
    Tenho uma dúvida há muito tempo: a bíblia cita umas 2 vezes sobre as árvores sagradas de Manre..Por que estas árvores seriam "sagradas"? Já tentei encontrar na internet uma explicação e não encontrei nada sobre...O sr saberia me explicar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tenho essa dúvida...

      Excluir
  9. Os “Carvalhais de Manre” era um lugar valorizado, um lugar onde a terra e o que havia nela era de muito valor, quero trazer aqui que todo ambiente profético é o lugar mais caro onde um ser humano pode pisar ou estar profëticamente, pois é ali que Deus se revela a nós ou seja, quando você se isola para relacionar-se com a presença do Rei Jesus, ele revela suas riquezas a você.

    O “Carvalho” é uma arvore considerada o símbolo da RESISTÊNCIA, detalhe que Abraão estava com cerca de 318 homens de guerra todos acampados sobra AS SOMBRAS DOS CARVALHOS (Gênesis 14:15) proféticamente o Rei Davi escreveu Tehillim ou Livro dos Salmos no

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails