Images

Gênesis 15:7-12


Abraão pede um sinal.

V-7.
No dia seguinte o SENHOR continua seu diálogo com Abraão e lhe diz:

_ Eu sou Deus, o SENHOR; eu o tirei da Babilônia, da cidade de Ur, a fim de lhe dar esta terra para ser sua propriedade.

Pela primeira vez Deus usa o título “EU SOU” e pela terceira vez Deus assegurou a Abraão que tinha de possuir toda a terra de Canaã.

Mas sua condição não tinha mudado desde que entrou pela primeira vez em Canaã.

Deus repetiu a promessa a intervalos, e Abraão a aceitou sem nunca ver um sinal visível de seu cumprimento.

Estava errante e sem lar como tinha estado quando chegou da Mesopotâmia, e não tinha filhos.
Era natural que certas dúvidas surgissem em sua mente.

V-8.
Então disse Abrão;

_ Ó SENHOR, meu Deus! Como posso ter certeza de que esta terra será minha?

A pergunta de Abraão não era um sintoma de incredulidade ou dúvida, senão a expressão de um anseio cordial de ver o cumprimento das promessas de Deus.

Deus, que vê o coração e responde de acordo com o que vê, reconheceu o direito de seu fiel servo Abraão de procurar uma plena segurança para sua fé.

Deus atende a Abraão

V-9.
_ Abraão traga para mim uma vaca, uma cabra e uma ovelha, todas de três anos, e também uma rolinha e um pombo.

Deus fez um pacto solene com Abraão, numa forma usual entre os antigos.

Os animais que Deus pediu que Abraão usasse eram precisamente os que mais tarde prescreveu Moisés como animais para os sacrifícios.

V-10.
Abrão levou esses animais para o SENHOR, cortou-os pelo meio e colocou as metades uma em frente à outra, em duas fileiras; porém as aves ele não cortou.

Segundo consta, era costume na antigüidade, para ratificar uma aliança, partir um animal pelo meio, colocando as duas partes lado a lado, para que os participantes caminhassem pelo meio (Jeremias 34:18-20).

Desta maneira ficava implícito, que o que aconteceu aos animais, aconteceria com aquele que quebrasse a aliança.

Que maravilhosa graça o nosso Poderoso Deus demonstrou quando se abaixou em fazer este tipo de aliança com Abraão.

O Senhor tem sempre dado ao homem a certeza de Suas intenções de manter Suas promessas.

Antes do sinal, um susto

V-11.
Nada aconteceu durante o dia todo, então Abrão pacientemente espantava os urubus que começaram a descer sobre os animais mortos.

Abraão caminhou reverentemente entre as partes cortadas do sacrifício de acordo com o costume e sentiu que era seu dever proteger os cadáveres para que não fossem rasgados e devorados.

O dia inteiro ele protegeu os animais sacrificados das aves famintas.

Isto nos ensina a necessidade de vigilância em nosso relacionamento com Deus. Nossas orações e alianças com Deus exigem que gastemos tempo diante do Senhor, até que recebamos evidências de que fomos ouvidos [II Coríntios 12:8-9].

V-12.
Sem ainda ter recebido nenhuma prova que esperava de sua terra prometida por Deus, começou a anoitecer, e Abraão cansado caiu num sono profundo. De repente, acordou, e o medo e o pavor tomou conta dele.

Este pavor que veio sobre Abraão, era para destacar a severidade da revelação que ele estava para receber...

Em Cristo

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

4 comentários:

  1. Deus tem cuidado com os nossos sentimentos e se preucupa com eles.

    ResponderExcluir
  2. Nem sempre é facil esperas as promessas de DEUS.
    Tantas coisa se colocam à nossa frente enquanto estamos ali esperando por aquilo que DEUS nos prometeu.
    Mas creio que ainda que nós venhamos a cometerr falhas enquanto esperamos pela promessa, é porque DEUS quer que estejamos mais fortes e seguros, e mais humildes.
    Porque quando ela chegar para nós tera o peso de ouro.
    Que DEUS na sua bondade infinita nos faça ver que até nos nossos erros, geramos fruto e é esses frutos que nos fazem crescer espiritualmente.
    Assim como Abrãao esta crescendo.......

    ResponderExcluir
  3. Vivemos em uma época em que queremos respostas imediatas as nossas orações, mas como Abrãao devo aprender que tenho que gastar tempo em minhas orações até que Deus responda no seu devido tempo. Paciência e persistência fazem parte da vida do crente, enquanto a resposta não vêm devo estar atento ao que "ele" fala em silêncio ao meu coração. Amém!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails