Images

Gênesis 32:21-26



Jacó luta com Deus

V-21
Veremos nesta postagem um fato extraordinário que provoca uma virada na História Bíblica.

Más antes, se lembram do agradinho?

Pois bem, Jacó mandou os presentes na frente e passou aquela noite no acampamento.

V-22
Naquela mesma noite, como estava muito ansioso, Jacó se levantou e atravessou o rio Jaboque, levando consigo as suas duas mulheres, as suas duas concubinas e os seus onze filhos.

23,24.
Depois que as pessoas passaram, Jacó fez com que também passasse tudo o que era seu; mas ele ficou para trás, desejando passar à noite a sós em oração.

Nesse momento, perece que sua acostumada astúcia já não tinha tanto valor.

Só Deus podia ser a ajuda para aplacar a ira de Esaú e salvar a Jacó e sua família.

Enquanto lutava em oração, ele repentinamente se viu engajado em uma luta corporal com um homem que lutou com ele até o dia amanhecer.

Seu oponente era um anjo. Ele não era um anjo comum, mas Deus em pessoa, que se manifestou várias vezes no Velho Testamento como o "Anjo do Senhor".

Sem dúvida é outra aparição da segunda pessoa da Trindade, que mais tarde veio ao mundo: Jesus Cristo.

Vocês não acham como parece estranho que nas orações Deus muitas vezes age como um opositor aos nossos pedidos?

Às vezes nossas orações se transformam em uma luta, como se Deus devesse ser convencido ou persuadido a ficar nos ouvindo.

É más Deus age assim para testar a importância de nossos pedidos, nossa persistência e nossa fé nas promessas Dele.

O tempo que dedicamos buscando a Deus, é também um tempo de crescimento para nós.

V-25.
Bem, voltando à cena...

O lutador desconhecido empregou unicamente a força natural de um ser humano em sua luta com Jacó.

Pensando que seu adversário fosse um inimigo mortal, Jacó lutou como se tivesse salvando sua própria vida.

Quando o Anjo viu que não o podia vencer com força humana, deu um golpe na junta da coxa de Jacó, de modo que ela ficou fora do lugar.

Um simples golpe, dado com força mais do que humana, foi suficiente para deixar Jacó inválido, e ele se deu conta de que seu antagonista era mais do que humano.

V-26
Então o Anjo disse:
_ Solte-me, pois já está amanhecendo.

Eu acredito que o desejo do Anjo de ser solto, era para impedir que outras pessoas contemplassem a cena ou para evitar que Jacó o visse.

_ Só te soltarei se me abençoares!

O golpe que o deixou inválido e a voz divina tinham convencido a Jacó de que aquele com quem tinha lutado durante horas era um mensageiro do céu.

Tendo procurado desesperadamente por várias horas a ajuda divina, Jacó sentia que não podia permitir-lhe que se fosse sem primeiro receber a segurança do perdão e a proteção que ansiava.

Pela primeira vez em sua vida, Jacó compreendeu que seus próprios recursos eram inadequados.

Desde seu nascimento, quando tinha tomado a seu irmão pelo calcanhar, até seus últimos anos em Harã, quando tinha sido mais astuto do que seu tio Labão, Jacó tinha enfocado a solução dos problemas da vida em métodos questionáveis de sua própria iniciativa.

Agora era um homem mudado.

No passado havia confiado em sua própria sabedoria e força, agora tinha aprendido a confiar completamente em Deus.

Jacó não era fisicamente agressivo, mas tinha um caráter forte e resoluto.

Ele estava disposto a obter a bênção de Deus para si, e usou todas as suas forças para esse fim, tanto que agarrou o Anjo de Deus, mesmo depois de ferido na coxa e não o largaria enquanto isso não lhe fosse concedido.

Em Cristo!

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails