Images

Gênesis 34:1-7


A filha de Jacó é violentada

V-1.
A cidade de Siquém leva o nome de seu fundador, o filho de um heveu (uma das tribos dos cananeus) chamado Hamor (asno), de cujos filhos Jacó comprou um campo para residir junto à cidade.

Esta cidade situava-se num vale estreito entre duas montanhas, Ebal e Gerizim.

Bom, Jacó estava voltando, sem muita pressa, para a casa de seu pai, más antes de chegar lá fixou residência ali: um grande erro, como descobriu pouco depois.

Deixa estar que certa vez Dina, a filha de Jacó e de Léia, vislumbrada com a cidade, saiu de casa sem a permissão de seus pais para ver as filhas da terra, ou seja, entrou na cidade para ver como eram as mocinhas de lá e também, provavelmente queria também ser vista. Ela teria entre dezesseis e dezoito anos.

Era uma temeridade de sua parte, sair desacompanhada para visitar os cananeus, conhecidos pela sua baixa moralidade e idolatria.

Más a moça estava curiosa por conhecer os hábitos e os costumes dos vizinhos cananeus que os rodeavam.

V-2.
O poderoso Siquém, o homem mais honrado da região, estava passeando pela cidade quando avistou Diná e ficou louco por ela.

Queria tê-la a todo custo, e quando percebeu que a moça estava desacompanhada pegou-a para si e a violentou.

V-3.
Só que seus sentimentos por ela não se resumiam apenas na sensualidade, o cafajeste se apaixonou por ela também e quando percebeu a besteira que fez, tratou logo de consolá-la pelo que tinha feito procurando fazer com que ela o amasse.

V-4
Ele agora desejava casar-se com ela, então pediu ao seu pai Hamor (como era costume na época) que a pedisse em casamento a Jacó.

Enquanto Hamor não resolvia este pepino, Diná ficou na casa de Siquém.

V-5,6.
Jacó, agora já com mais de 100 anos, recebeu a notícia da ocorrência e em silêncio aguardou a volta de seus filhos para resolver o problema.

Parece que ele já não tinha muito controle sobre eles, permitindo que eles tomassem a iniciativa na resolução de problemas como este.

Enquanto isso, Hamor por sua vez saiu da cidade e foi visitar Jacó para propor o casamento entre seus filhos.

V- 7.
Quando os filhos de Jacó chegaram do campo e souberam do caso, ficaram indignados e furiosos com o ultraje que sua família havia sofrido, o que parece ter sido muito mais importante aos seus olhos do que a imoralidade do ato cometido, como veremos a seguir.

Em seus corações a sede por vingança começava a tomar o lugar de qualquer outra possibilidade de perdão.

Como veremos a seguir, esta história não vai acabar nada bem, portanto preparem-se vem muito sangue por aí...

Em Cristo;

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails