Images

Gênesis 40: 8-23 - José do Egito: Interpreta os sonhos dos colegas


José do Egito: Interpreta os sonhos dos colegas

Gênesis 40: 8-23

V-8.
Ao saber dos sonhos dos colegas de cárcere e compreendendo que Deus estava com ele, José procurou ajudar aos dois aflitos homens em sua perplexibilidade.

Este desejo de ajudar aos outros, mais tarde chegou a ser a chave para sua própria libertação da prisão.

Suportando suas imerecidas desgraças com alegre resignação e admirável fortaleza, José, por sua natureza amigável, sentiu-se inclinado a simpatizar com outros infortunados, a quem lhes faltava à fortaleza interior que animava a ele.

Então o copeiro-chefe contou seu sonho a José, vemos como ele havia ganhado a sua confiança.

V-9 -11
Ele disse:
_ Sonhei que na minha frente havia uma parreira que tinha três galhos. Assim que as folhas saíam, apareciam às flores, e estas viravam uvas maduras. Eu estava segurando o copo do rei; espremia as uvas no copo e o entregava ao rei.

V-12-15
José imediatamente interpretou seu sonho: ele estava em perfeita comunhão com Deus, e Deus lhe deu este dom especial de poder interpretar sonhos.

José disse:
_ A explicação é a seguinte; Os três galhos são três dias. Daqui a três dias o rei vai mandar soltá-lo. Você vai voltar ao seu trabalho e servirá vinho ao rei, como fazia antes.

_ Rapaz, se você estiver certo disso, eu lhe ficarei devendo uma.

Aproveitando que dentro de três dias o copeiro iria voltar ao convívio com a realeza, José solicitou ao copeiro que se lembrasse dele;

_ Escuta meu amigo, quando você estiver muito bem lá, lembre de mim e, por favor, tenha a bondade de falar a meu respeito com o rei, ajudando-me assim a sair desta cadeia.

Ele expôs a sua causa e inocência;
_ Olha, a verdade é que foi a força que me tiraram da terra dos hebreus e me trouxeram para o Egito; e mesmo aqui no Egito eu não fiz nada para vir parar na cadeia.

A verdade é que José esperava ansiosamente sair da prisão;

V-16-17
O padeiro chefe se animou ao ouvir o bom prognóstico do seu colega, e por sua vez contou eufórico seu sonho a José.

_ Eu, eu também tive um sonho. Olha só, sonhei que estava carregando na cabeça três cestos de pão. No cesto de cima havia todo tipo de comidas assadas que os padeiros fazem para o rei. Só que as aves vinham e comiam dessas comidas, o que quer dizer este sonho?

V-18
José explicou assim:
_ O seu sonho quer dizer isto:
_ Hum...

_ Os três cestos são três dias.

_ Bom, gostei.

_ Calma, daqui a três dias o rei vai soltá-lo...

_ Maravilha, estarei livre!

_ Então o rei vai mandar cortar a sua cabeça...

_ O que?

_ Depois o seu corpo será pendurado num poste de madeira, e as aves comerão a sua carne.

O padeiro logo desanimou.

Aqui vemos outra vez a fidelidade de José, que deu a interpretação correta do sonho, embora penosa.

V-20
Três dias depois o rei comemorou o seu aniversário, oferecendo um banquete a todos os seus funcionários.

Ele mandou soltar o chefe dos copeiros e o chefe dos padeiros e deu ordem para que viessem ao banquete.

V-21-23
E aconteceu exatamente o que José tinha dito: o rei fez com que o copeiro voltasse ao seu antigo trabalho de servir vinho ao rei e mandou que o pobre padeiro fosse executado.

O cumprimento das predições de José comprovou que os sonhos tinham sido de origem divina e que José possuía o dom de interpretá-los.

Desde então, José aguardava ansiosamente uma notícia do copeiro.

Em fim, esta era a maior chance que ele tinha a anos para sair da prisão.

Porém o chefe dos copeiros não se lembrou de José e esqueceu ele completamente.

Provavelmente, o copeiro estava se sentindo em uma posição tão delicada diante do Faraó, que estava com medo de ajudar José.

De qualquer forma, a raça humana é repleta de pessoas ingratas, ô se é.

Quando as semanas e os meses seguintes não trouxeram nenhum indício da gratidão do copeiro, provavelmente José começou a se perguntar se ele passaria a vida inteira na prisão.

Neste momento, a ingratidão do copeiro deve ter sido uma experiência penosa para José, provavelmente um golpe tão cruel como qualquer outro dos que já tinha recebido.

Será que desta vez, José vai murmurar e reclamar de sua vida nada bela?

Veremos, na próxima postagem

Em Cristo;

A seguir, José do Egito: Amarga mais dois anos na cadeia

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails