Images

Gênesis 41:1-13 - José do Egito: Amarga mais dois anos na cadeia


José do Egito: Amarga mais dois anos na cadeia

V:1.
Dá para imaginar?

José continuou ainda por mais dois anos na prisão, depois que o copeiro e o padeiro chefe de Faraó haviam saído.

Dois anos dentro de uma cadeia é muito tempo, qualquer um teria desistido da vida neste momento.

E você ainda reclama que as coisas em sua vida demoram a acontecer?

Más Deus tinha preparado à hora certa para que José fosse exaltado e recompensado por tudo que havia passado.

Um dia o rei do Egito teve um sonho bizarro e perturbador.

Os sonhos tinham grande importância naquela cultura, tanto que alguns livros egípcios mais importantes são voltados para este tema.

Grandes templos foram dedicados para este aspecto da vida. Líderes religiosos e homens sábios gastaram suas vidas interpretando sonhos.

Talvez isto explique porque Deus escolheu este meio para mexer com o Faraó.

V:2-7.
Pois bem, enquanto dormia, o Faraó sonhou que estava de pé na beira do rio Nilo de onde via sete vacas gordas, depois sete vacas magras. Os sonhos se repetiram novamente, só que em vez de vacas, agora eram espigas.

Quando o rei acordou, percebeu que tinha sido um sonho.

V:8
Como de costume, ele chamou à sua presença todos os magos e sábios, que havia no Egito, poi estava muito preocupado.

Magos e sábios eram comuns naquele tempo, estudiosos das ciências e artes, astrologia, interpretação de sonhos, profecias e artes mágicas.

Tendo contado a eles os seus sonhos, aguardou sua interpretação, mas em vão: nenhum deles podia interpretá-los.

Já que o Nilo, de onde subiram tanto as vacas magras como as gordas, era considerado pelos egípcios como a fonte de toda vida e fertilidade, esses magos ficaram perplexos quanto ao significado dos sonhos e não podiam pensar numa interpretação que fosse satisfatória para o rei.

Não possuíam um relacionamento íntimo com Deus como José a quem o Espírito de Deus revelaria o significado.

V:9
Lembram-se daquele copeiro ingrato? Pois é, ele servia Faraó enquanto isto acontecia, e lembrou-se de sua própria experiência no cárcere, quando José havia interpretado corretamente seu sonho.

Vendo a preocupação do Faraó e a incompetência dos magos e sábios, ele criou coragem e foi falar com o Rei;

_ Majestade, chegou à hora de confessar um erro que cometi.

V:10,11
_ Um dia o senhor ficou com raiva de mim e do chefe dos padeiros e nos mandou para a cadeia, na casa do capitão da guarda. Certa noite cada um de nós teve um sonho, e cada sonho queria dizer uma coisa.

V:12
_ Lá na cadeia estava com a gente um moço hebreu, que era escravo do capitão da guarda. Contamos a esse moço os nossos sonhos, e ele explicou tudinho o que queriam dizer.

V:13
_ E tudo deu certo, exatamente como ele havia falado. Eu voltei para o meu serviço, e o padeiro foi enforcado.

O faraó, sem outra esperança, manda então chamar este tal de José.

Este acontecimento ilustra muito bem o que está escrito em Romanos 8:28. Você se lembra?

Não? Então vai lá, em sua Bíblia e veja que coisa maravilhosa Deus tem para você.

Já leu?

Agora raciocine comigo; Se o copeiro tivesse se lembrado de José da primeira vez, os planos de Deus teriam sido frustrados.

Não há dúvidas de que José tenha ficado triste e amargurado por ter sido esquecido por dois anos.

Após este fato, ele deve ter se alegrado muito pela sabedoria de Deus.

Se você é um daqueles impacientes, que esperam que as coisas aconteçam instantaneamente, aprenda a confiar mais em Deus, em toda e qualquer situação.

Agora volte a Bíblia e leia “I Tessalonicenses 5:18”.


Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails