Images

Êxodo 38:1-9

Uma entrevista com Bezalel

V:1-9
Olá queridos leitores.

Perdoem-me o atrevimento, mas quero fazer uma brincadeira nesta postagem.

Vamos imaginar uma entrevista com Bezalel na fase de construção do Tabernáculo?

O que você perguntaria a ele?

Vamos ver se eu me sairia bem como um entrevistador?

Então vamos nessa!

EBD: Hoje tenho honra de entrevistar o arquiteto responsável pela construção do Tabernáculo, Bezalel, tudo bem com você?
Bezalel: Tudo ótimo!

EBD: Primeiramente quero lhe agradecer pela gentileza em parar sua obra só para nos receber para esta entrevista.
Bezalel: Sem problemas, desde que não seja uma entrevista muito demorada.

EBD: Opa... Não se preocupe, será rápida e objetiva
Bezalel: Ok.

EBD: Para começar, gostaria de saber como anda a obra?
Bezalel: Está caminhando rápido. Temos materiais de sobra e não nos falta mão de obra qualificada. Deus pensou em tudo para esta obra.

EBD: Em que você está trabalhando agora?
Bezalel: Vou começar a trabalhar nos móveis do Átrio.

EBD: E quais serão estes móveis?
Bezalel: O altar do Holocausto e o lavatório.

EBD: Fale-me sobre este altar?
Bezalel: É a primeira e maior peça do Tabernáculo, e ficará logo à entrada da porta. Será feito com madeira de setim e recoberto com cobre. Observe neste desenho que o altar do holocausto é a peça que está logo à porta do átrio.


EBD: Pois é estou percebendo... Mas qual o objetivo?
Bezalel: Estará ali como sendo a oportunidade primeira para quem quiser adentrar as profundezas de Deus. Mas não sem antes oferecer o sacrifício.

EBD: Desculpe-me a pergunta que vou lhe fazer agora, mas é para que todos os que nos acompanham entendam muito bem o verdadeiro propósito destes móveis...
Bezalel: Não tem problema, fique a vontade!

EBD: Obrigado. Então lá vai... O que será sacrificado nele?
Bezalel: Bem, como em muitos dos templos de nossa época, serão sacrificados animais.

EBD: E como funcionará?
Bezalel: Quando um Israelita se aproximar do Tabernáculo com o seu sacrifício e atravessar o portão de entrada ele encontrará entre ele e o Tabernáculo este altar com um sacerdote ao lado. É onde o sangue será derramado e o pecador perdoado.

EBD: Mesmo uma pessoa sendo boa, terá que sacrificar?
Bezalel: Não importaria quão boa pessoa seja esta pessoa, sem o derramamento de sangue não haverá nenhum perdão.

EBD: Fora do altar há outro modo de se aproximar de Deus?
Bezalel: Fora do altar de bronze não há outro modo de se aproximar de Deus. A aliança com Yahweh é uma aliança de sangue e o animal inocente representa o pecador, e toma o lugar dele no altar.

EBD: Coitadinho do animal, ele não tem nada haver com o pecado dos outros, você não acha?
Bezalel: Pois então, é por isso que se coloca as mãos na vítima inocente, a seguir o violento corte na garganta. Uma imagem que faz sua pele se arrepiar, que traz uma incrível consciência do pecado, e do seu salário que é a morte.

EBD: E depois de sacrificar o animal e que se faz com o sangue?
Bezalel: O sacerdote coloca o sangue em uma bacia, e despejava o sangue ao pé do altar, e faz o sacrifício, depois disso o pecador vai para casa perdoado até o próximo pecado.

EBD: E para concluir, fale-nos um pouco sobre a outra peça mencionada, o lavatório?
Bezalel: Bom, após o altar do holocausto e antes da tenda, ficará a pia de cobre maciço. Esta servirá para que os sacerdotes se lavem após os trabalhos de sacrifício no altar e antes de entrar no santuário.

EBD: Bezalel, muito obrigado pela sua atenção e gentileza em nos receber para nos auxiliar com respostas tão esclarecedoras!
Bezalel: Não tem de quê, mas da próxima vez não esqueça de agendar. Agora se me dão licença... Voltarei ao trabalho.

EBD: Bacana este Bezalel, claro e objetivo.

O Altar do Holocausto é um símbolo da cruz de Cristo.

Os animais oferecidos em sacrifício simbolizam o nosso Senhor Jesus Cristo que naquelas ocasiões apenas encobriam os pecados.

Jesus, porém remove todos os pecados através de seu sangue.

Em Cristo!

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

Um comentário:

  1. É verdade JESUS pagou,foi tudo por AMOR seu perfeito sacrificio trouxe graça e perdao a mim.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails