Images

Levítico 19:3-37 - Mais instruções a Moisés.

Mais instruções a Moisés.

Levítico 19:3-37

Neste capítulo vamos estudar algumas leis e revisar outras através de algumas instruções que Deus dá a Moisés.

_ Moisés?

_ Sim, Meu Deus!

_ Quero que você transmita ao povo de Israel mais algumas instruções;

_ Hum...

_ Respeitem pai e mãe, não trabalhem no sábado, não adorem outros deuses, respeitem as regras para os sacrifícios... Anotou?

_ Sim. Tem mais?

_ Quando vocês forem colher o trigo, não colham dos pés que ficam na beira do campo, nem voltem pra pegar as espigas caídas. Da mesma forma, não façam uma segunda colheita nas suas plantações de uvas. O que for deixado pra trás é pra ficar por lá mesmo, para os pobres e estrangeiros que estiverem passando pelas suas terras.

_ Essa é uma lei humanitária e caridosa, Senhor!

_ Então vamos em frente com mais leis… Não roubem, não mintam, não enganem os outros. Não façam juramentos falsos. Não explorem nem roubem os outros. Não atrasem o pagamento dos trabalhadores.

_ Espere um momento Senhor, parece que algumas destas leis já nos foi passada...

_ Isso mesmo, estou aproveitando para reforçá-las.

_ Ok. Tem mais?

_ Sim. Quando forem julgar alguma causa, sejam rigorosos e justos, sem tentar favorecer os pobres nem agradar os poderosos. Não sejam fofoqueiros, não façam acusações falsas. Não sejam rancorosos, corrijam com franqueza aqueles que estiverem errados. Não sejam vingativos. Cada um deve amar aos outros como ama a si próprio.

_ Hum...

_ Não cruzem animais domésticos de espécies diferentes, não semeiem sementes diferentes no mesmo campo, não vistam roupas feitas de tipos diferentes de tecido!

_ Essa eu não entendi...

No princípio Deus criou diferentes espécies de animais e plantas. Nunca teve a intenção de que tivesse miscigenação das diferentes classes na que ficassem todas confundidas.

Esta proibição foi, provavelmente, destinada a desencorajar a prática que parecia violar os limites que Deus estabeleceu no reino animal.

_ Se um homem tiver relações com uma escrava que já foi prometida pra outro cara, ele e a escrava serão castigados. Para tirar sua culpa, o homem trará um carneiro aqui para oferecer em sacrifício.

_ Entendi.

Além do castigo que se julgasse adequado, o homem devia apresentar sua oferta pela transgressão. Com o castigo pagava sua dívida à sociedade; com o sacrifício ficava reconciliado com Deus.

_ Quando vocês estiverem morando lá em Canaã e plantarem uma árvore frutífera, não comam seus frutos durante os três primeiros anos, porque serão impuros. No quarto ano, os frutos serão dedicados a mim. Só a partir do quinto ano vocês poderão comê-los.

_ Não entendi...

Considerava-se que uma árvore frutífera não atingia a maturidade até os quatro anos.

Até então a consideravam "incircuncisa".

Ou seja, seu fruto não deveria ser comido nem apresentardo ao Senhor.

Ao quarto ano "todo seu fruto" era consagrado "em louvores a Deus", e devia ser apresentado a ele.

_ Não comam carne com sangue! Não façam feitiçarias nem adivinhações!

_ Entendi.

_ Não cortem o cabelo dos lados da cabeça nem aparem a barba!

_ Não entendi...

Parece provável que esta moda tinha sido aprendida pelos israelitas no Egito.

Os antigos egípcios tinham seus cabelos escuro cortado curto ou raspado com delicadeza tão grande, que o que restou na coroa apareceu na forma de um círculo em torno da cabeça, enquanto que a barba era em uma forma quadrada.

Esse tipo de penteado tinha um significado altamente idólatra, e foi aprovado, com algumas variações, por quase todos os idólatras, no antigo tempos.

Os judeus se orgulhavam de suas barbas, considerando-as como um sinal de virilidade e dignidade.

Sugeriu-se que uma barba "aparada" indicava que o que a levava era devoto de algum deus pagão.

Possivelmente a parte da barba que se recortava era oferecida aos deuses. O Senhor proibiu que seu povo seguisse este costume pagão.

Dentro de seu contexto esta restrição só podia ter significado como resguardo frente a os costumes religiosos dos pagãos daquela época.

No entanto, não dá para se fazer uma aplicação sensata desta ordem no contesto existente hoje.

_ Acabou?

_ Tem mais. Não entreguem suas filhas para serem prostitutas nos cultos de fertilidade! Não trabalhem no sábado!

_ O Senhor já nos orientou quanto a esta lei.

_ Esta foi só para reforço.

_ Hum...

_ Quero que diga a eles que não procurem ajuda de médiuns, cartomantes, quiromantes. Isso é pecado e fará com que vocês fiquem impuros.

_ Certo!

_ Tem mais umas coisas aqui. Fiquem de pé na presença das pessoas idosas e as tratem com todo o respeito. Não maltratem os estrangeiros. Eles devem ser amados como se fossem israelitas, porque vocês também já foram estrangeiros, lá no Egito. Não dêem uma de espertalhões, roubando nos pesos e medidas das mercadorias. Sejam honestos. É isso.

_ Anotado.

Em Cristo!

A seguir: Punições para os pecados.
Images

Levítico 19:1,2 - A fonte da santidade.


A fonte da santidade.

Levítico 19:1,2

V: 1,2
O SENHOR Deus mandou Moisés dizer ao povo de Israel o seguinte:

_ Sejam santos, pois eu, o SENHOR, o Deus de vocês, sou santo.

Esta é a nota tônica do livro de Levítico.

Em todos seus capítulos se faz ressaltar a santidade de Deus.

Mas o que é "santo"?

Comecemos pela origem do significado.

O termo hebraico para santo provavelmente partiu de um conceito primitivo de separação ou remoção do sagrado do profano.

Deus tomou a palavra e usou-a para descrever muitas coisas e atividades separadas para adoração.

O termo para santo é encontrado predominantemente em sentido religioso e usualmente contém um significado fundamental de "separado", ou "fora" do uso comum.

E qual é a fonte da "santidade"?

Deus disse aos israelitas, "Eu sou o Senhor vosso Deus; portanto vós vos consagrareis, e sereis santos, porque eu sou santo" (Levítico 11:44).

Santidade não é um atributo de Deus, mas sua natureza essencial (Espírito Santo).

Santidade se refere a Deus e ou aquilo feito santo por Ele e, portanto nenhuma santidade existe fora dEle.

"Santo" indica a própria separação de Deus da impureza ou pecado em sua perfeição de ser.

Coisas que não eram essencialmente limpas poderiam tornar-se santas ao serem dedicadas a Deus e seu serviço, tanto por Deus como por uma cerimônia estabelecida por Ele.

Somente Deus tem poder e autoridade para tornar santos e purificar coisas contaminadas pela impureza.

Portanto, toda santidade vem de Deus.

Em Cristo!

A seguir: Mais instruções a Moisés.
Images

Levítico 18:25-30 - A justiça divina.

A justiça divina.

Levítico 18:25-30

V:25-30

Após descrever detalhadamente a Moisés os tipos de pecados dos quais as nações vizinhas a Israel estavam mergulhadas, Deus anuncia a conseqüência para aqueles que viveram em tais pecados;

_ Moisés?

_ Sim meu SENHOR!

_ Explique aos Israelitas que os pecados destes povos fizeram com que a terra onde eles moram ficasse impura; por isso eu castiguei aquela terra, e ela está vomitando os seus moradores.

É importante o leitor entender que a destruição dos cananeus não foi para presentear Israel com suas terras.

Deus prometeu a Abraão que sua descendência ocuparia por fim a terra de Canaã, certo?

Note, porém, que não ocorreu nenhuma execução nos dias de Abraão.

Por que não?

“Porque ainda não se completou o erro dos amorreus [a tribo Cananéia dominante]”, disse Deus em Gênesis 15:16.

Embora Deus observasse o erro dos cananeus nos dias de Abraão, ele foi paciente com eles por 400 anos, concedendo-lhes bastante tempo para mudar.

Porem o tempo passou e a iniqüidade dessa nação atingiu proporções tais que o Senhor Deus decretasse sua sentença.

A brutalidade, a lascívia e a licenciosidade da mitologia Cananéia deve ter feito ressaltar as piores tendências nos seus devotos e resultado em muitas das mais desmoralizadoras práticas daquele tempo, tais como a prostituição sagrada, o sacrifício de crianças e a completa degeneração moral e religiosa.

Parece que, em grande escala, a terra de Canaã tornou-se uma espécie de Sodoma e Gomorra de âmbito nacional...

Mas você pode estar se perguntando...

Tinham os cananeus uma percepção clara da gravidade de seu erro?

Bem, eles possuíam a faculdade humana da consciência, reconhecida pelos juristas como base universal para moralidade e justiça.

A Bíblia fala sobre isso lá em Romanos 2:12-15.

Apesar disso, os cananeus persistiram nos detestáveis sacrifícios de crianças e nas práticas sexuais degradantes.

Deus, no seu equilíbrio de justiça, determinou que era preciso fazer uma limpeza moral e cultural naquela terra.

Não era genocídio.

Cananeus individuais (como Raabe) ou grupos inteiros (como os gibeonitas), que aceitaram voluntariamente as elevadas normas morais de Deus, foram poupados.

_ Mas vocês todos, tanto os israelitas como os estrangeiros que vivem no meio de vocês, terão sua oportunidade. Portanto obedeçam às minhas leis e aos meus mandamentos e não cometam nenhuma dessas imoralidades. Quem cometer um desses pecados será expulso do meio do povo de Israel.

A mensagem aqui apresentada era bem clara, Israel deveria evitar esses pecados, pois a conseqüência viria da mesma forma sobre eles.

_ Obedeçam a todos os meus mandamentos e não imitem os costumes imorais dos povos que moraram naquela terra antes de vocês. Não se tornem impuros.

A linguagem altamente figurativa de " a própria terra vomitando seus habitantes, mostra a profundidade da irremediável corrupção moral dos povos pagãos que habitavam esta terra.

Seriam "arrancados da terra" e espalhados pelo mundo.

Infelizmente por diversas vezes ao longo da história de Israel, em função de seus pecados, Deus permitiu que muitos povos invadissem e os arrancassem dessa terra que receberam como herança.

As bênçãos de Deus para nossas vidas estão intimamente ligadas a nossa obediência para com seus mandamentos.

Em Cristo!

A seguir: A fonte da santidade.
Images

Levítico 18:22-24 - A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte III

A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte III

Levítico 18:22-24

Deus não criou homem para se relacionar com homem, ou mulher com mulher.

Deus criou o homem para se relacionar com a mulher, e este foi seu plano perfeito.

Quem defende o homossexualismo diz claramente que Deus falhou em seus planos, ou mesmo, que os planos de Deus para com a criação do homem e da mulher faliram.

Se a Bíblia, por um lado, afirma que o corpo do cristão é “santuário do Espírito Santo” (1Co 6.19), trazendo “honra” ao corpo, o homossexualismo é a expressão biblicamente mais clara da desonra ao corpo.

Lembre-se pelo que estudamos nas últimas duas postagens, uma das coisas que os demônios mais invejam nos seres humanos é o de possuírem um corpo.

Por centenas de anos está cientificamente provado que, conforme as células cromossômicas, os seres são classificados como MACHO ou FÊMEA, não existindo, portanto, nenhuma outra classificação sexual.

Nunca existiu ao longo dos estudos científicos, nenhuma descoberta cromossômica que pudesse trazer a luz um terceiro comportamento sexual, e justificar a conduta errônea e aberrativa de certos homens, que passam a manter certos tipos de “relacionamento”, fazendo uso do seu órgão excretor (ânus).

Há desonra maior para um corpo do que ser um “templo” dos demônios?

Vejamos o que mais a Bíblia diz sobre esse tipo de desonra;

"Pelo que Deus os entregou aos desejos de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si...pelo que Deus os abandonou às paixões infames. Até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. Semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, inflamaram-se em sua sensualidade uns para com os outros, HOMEM COM HOMEM, cometendo torpeza, e recebendo em si mesmos a penalidade devida ao seu erro... estão cheios de toda iniquidade, prostituição, malícia, avareza, maldade, inveja, homicídio, contenda, engano e malignidade. Embora tenham conhecimento da justiça de Deus (que SÃO DIGNOS DE MORTE OS QUE TAIS COISAS PRATICAM), não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam" (Romanos 1:24-32).

"O corpo não é para prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo" (I Coríntios 6:13b).

"Não se enganem, não herdarão o reino de Deus os imorais, os que adoram ídolos, os adúlteros, os homossexuais, os ladrões, os avarentos, os bêbados, os difamadores, os marginais. Alguns de vocês eram assim. Mas foram lavados do pecado, separados para pertencerem a Deus e aceitos por Ele por meio do Senhor Jesus Cristo e pelo Espírito Santo de Deus." (1 Coríntios 6:9-11)

Gênesis 19:05 "E chamaram a Ló, e disseram-lhe: Onde estão os varões que a ti vieram nesta noite? Trazei-os fora a nós, para que os conheçamos."
Obs.: Esta expressão "Para que os conheçamos", indica que os homens da cidade queriam abusar sexualmente dos visitantes chegados. É deste infeliz incidente que deriva a palavra "Sodomia" e seu significado.

Ela refere-se especialmente ao homossexualismo e à perversão homossexual ("Ora, os homens de Sodoma eram maus e grandes pecadores contra o Senhor.") Gênesis 13.13. A sodomia é severamente condenada na Bíblia:

"Se um homem se deitar com outro homem, como se fosse com mulher, ambos terão praticado abominação; certamente serão mortos; o seu sangue será sobre eles." Levítico 20.13;

"Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usar legitimamente, reconhecendo que a lei não é feita para o justo, mas para os transgressores e insubordinados, os irreverentes e pecadores, os ímpios e profanos, para os parricidas, matricidas e homicidas, para os devassos, os sodomitas, os roubadores de homens, os mentirosos, os perjuros, e para tudo que for contrário à sã doutrina." I Timóteo 1.8 - 10

"Com varão te não deitaras, como se fosse mulher: abominação é."Levítico 18 : 22
Obs.: Abominação é - Ato Sexual com alguém do mesmo sexo, é abominação ao Senhor. Isto é, tal ato é sobrenatural detestável e repulsivo a Deus.

"Não haverá rameira dentre as filhas de Israel; nem haverá sodomitas dentre os filhos de Israel." Deuteronômio 23:17

"Mas antes que se deitassem, cercaram a casa os homens da cidade, isto é, os homens de Sodoma, tanto os moços como os velhos, sim, todo o povo de todos os lados; e, chamando a Ló, perguntaram-lhe: Onde estão os homens que entraram esta noite em tua casa? Traze-os cá fora a nós, para que os conheçamos. Então Ló saiu-lhes à porta, fechando-a atrás de si, e disse: Meus irmãos, rogo-vos que não procedais tão perversamente; eis aqui, tenho duas filhas que ainda não conheceram varão; eu vo-las trarei para fora, e lhes fareis como bem vos parecer: somente nada façais a estes homens, porquanto entraram debaixo da sombra do meu telhado. Eles, porém, disseram: Sai daí. Disseram mais: Esse indivíduo, como estrangeiro veio aqui habitar, e quer se arvorar em juiz! Agora te faremos mais mal a ti do que a eles. E arremessaram-se sobre o homem, isto é, sobre Ló, e aproximavam-se para arrombar a porta." Gênesis 19.4-9;

"E havia também sodomitas na terra: fizeram conforme todas as abominações dos povos que o Senhor tinha expulsado de diante dos filhos de Israel." I Reis 14.24;

"Porque tirou da terra os sodomitas, e removeu todos os ídolos que seus pais tinham feito." I Reis 15.12;

"Também expulsou da terra o restante dos sodomitas, que ficaram nos dias de seu pai Asa." I Reis 22.46;

"O aspecto do semblante dá testemunho contra eles; e, como Sodoma, publicam os seus pecados sem os disfarçar. Ai da sua alma! porque eles fazem mal a si mesmos." Isaías 3.9;

"Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus." I Coríntios 6.9,10;

"Para os devassos, os sodomitas, os roubadores de homens, os mentirosos, os perjuros, e para tudo que for contrário à sã doutrina." I Timóteo 1.10;

Os que estão no homossexualismo têm chance de reverterem o quadro: devem se arrepender e aceitar o senhorio de Jesus, que veio para destruir as obras do diabo, libertar os cativos, aliviar os oprimidos.

"SE O FILHO VOS LIBERTAR VERDADEIRAMENTE SEREIS LIVRES" (Lucas 4:18; João 8:36), livres da prostituição, das impurezas, do pecado.

O homossexualismo é reversível e quem reverte essa situação é o Senhor Jesus.

Ouçamos a voz de Deus:

"Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; é abominação" (Levítico 18.22).

Em Cristo;

A seguir: A justiça divina.

Leia também:
A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte I 

A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte II

Images

Levítico 18:22-24 - A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte II

A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte II

Levítico 18:22-24

Deus criou HOMEM e MULHER e lhes dotou de órgãos específicos e especialmente destinados à reprodução da espécie, chamados órgãos sexuais ou genitais. "Assim Deus criou o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou. MACHO e FÊMEA os criou" (Gênesis 1:27).

Homem e mulher possuem genitália apropriada à reprodução. Notem que Deus não criou meio termo, não criou um ser humano que em determinado momento pudesse assumir funções híbridas.

Deus não criou um homem com possibilidades sexuais de desempenhar o papel da mulher no ato sexual, e vice-versa. Ocorre que a natureza pecaminosa em função da queda no Éden coloca o homem em rebeldia contra Deus. Pela influência do diabo, o homem continua se rebelando contra o Criador e Sua palavra.

A homossexualidade surgiu em decorrência dessa rebeldia. Se o homem assume postura própria de mulher; se a mulher assume funções próprias do homem no ato sexual, caracteriza-se um comportamento contrário à vontade do Criador.

O homossexualismo é um problema de ordem moral e, principalmente, espiritual.

Portanto, o homossexualismo não é uma doença psicológica, mas uma doença espiritual.

Convém dizer que o diabo deseja destruir o homem, física e espiritualmente, buscando corpos para sentirem prazer.

O diabo faz isso desde o início da criação. Usou o corpo de uma serpente para se manifestar à mulher.

Ele precisou de um corpo.

O diabo precisa de corpos para realizar desejos que não pode experimentar como os prazeres do sexo, os vícios da bebida, do cigarro, da heroína, de todas as drogas.

Eles não podem sentir nada disso se não estiverem utilizando um corpo.

Eu acredito que eles têm uma grande inveja de nós, pois somos a obra prima de Deus.

Por isso os demônios lutam intensamente para se alojarem em corpos e experimentarem os sentimentos de prazer da carne.

Lamentavelmente, demônios possuindo corpos não são tão incomuns como alguns líderes evangélicos gostariam que fosse.

Sem um corpo para possuir, os espíritos imundos vagueiam por lugares áridos até encontrarem repouso.

Os demônios procuram desesperadamente um corpo e, quando saem deste, costumam procurar de volta o mesmo corpo de onde foram expulsos para ver se aquele lugar ainda está vazio.

Jesus assim nos ensinou:
“Quando o valente, bem armado, guarda a sua própria casa, ficam em segurança todos os seus bens. Sobrevindo, porém, um mais valente do que ele, vence- o, tira- lhe a armadura em que confiava e lhe divide os despojos. Quem não é por mim é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha. Quando o espírito imundo sai do homem, anda por lugares áridos, procurando repouso; e, não o achando, diz:
Voltarei para minha casa, donde saí. E, tendo voltado, a encontra varrida e ornamentada. Então, vai e leva consigo outros sete espíritos, piores do que ele, e, entrando, habitam ali; e o último estado daquele homem se torna pior do que o primeiro” (Lc 11.21-26).

Note que os demônios não encontram “repouso” em nenhum lugar, senão em um corpo.

A casa a qual Jesus se refere é o corpo, a casa do espírito.

Veja bem, quando um espírito se aloja em uma pessoa, penetra em seu corpo, não em seu espírito.

A pessoa só consegue se libertar se desejar ser liberta.

Se não tiver fé no poder de Jesus e vontade de ser liberta, ficará muito vulnerável para ser novamente possuída.

Fique sempre atento, pois a próxima vítima poderá estar sentada em sua igreja, tendo anos de membresia!

Existem pessoas endemoninhadas com anos de igreja (chegando, uns, ao extremo de tentarem se ocultar sob máscaras pseudo-pentecostais, como falar em línguas e profetizar, por exemplo).

Satanás é sujo.

Só quem tem em seu corpo o Espírito Santo está protegido

O corpo do Cristão deve ser “possuído” pelo Espírito Santo, e unicamente por ele. Assim
sendo, nosso corpo não é apenas a Casa do Espírito Santo, mas o próprio Santuário:
“Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?”
(1Co 3.16)

Quando os demônios possuem corpos, não se importam com eles, desejando utilizá-los a seu bel-prazer:

Possuem mulheres fazendo-as destruírem seus corpos ao oferecê-los à prostituição ou para possuírem os corpos daqueles que por elas são seduzidos

Possuem pessoas para usarem seus corpos no homossexualismo, afrontando o projeto de Deus.

Possuem jovens para que coloquem drogas dentro de seus corpos que irão destruindo seus neurônios, contaminando seu sangue e estragando seus pulmões pelo simples desejo de sentirem o efeito da droga

Possuem pessoas para deixá-las entrevadas em uma cama, largadas nas calçadas ou presos num manicômio

Possuem pessoas para levarem-nas para o suicídio.

Os espíritos imundos lutam desesperadamente para entrarem em um corpo e, quando estão neles, não querem sair.

Nosso Pai celestial nos fez a sua imagem e semelhança, somos espírito assim como Deus é, porém o Senhor nos deu um corpo para vivermos neste mundo e assim podemos usufruir de alguns benefícios que nem os seus anjos possuem.

Desejam um corpo onde tenham suas vontades satisfeitas.

Quando, porém, a presença de Deus se faz manifesta e em nome de Jesus se lhes é ordenado para que saiam daquele corpo, eles gritam desesperadamente para não sair, ou jogam o corpo possesso no chão, tudo para evitar o inevitável:

“Ö nome de Jesus tem poder para libertar os possessos”.

O que mais a Bíblia afirma sobre homossexualismo?

Concluiremos este assunto na próxima postagem.

Em Cristo!

A seguir: A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte III

Leia também: A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte I 
Images

Levítico 18:22-24 - A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte I

A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte I

Levítico 18:22-24

Vimos até aqui que ao eleger os Israelitas como um povo separado para salvação, Deus deixou para eles diversos mandamentos e leis a serem seguidos, entre eles, no Livro de Levítico, 18:22, temos uma acerca do homossexualismo;" Com varão (homem) não deitarás, como se fosse mulher: abominação é."

No Capítulo 20:13, determina que: "Quando um homem se deitar com outro homem como mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue é sobre eles."

No Livro de Romanos, Capítulo 1, do Versículo 26 em diante, Deus nos diz:"Pelo que Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os varões (homens), deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sensualidade uns para com os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si a recompensa que convinha ao seu erro. E, como eles não se importaram em ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem o que não convém.

E o que esse desejo não natural da carne tem haver com satanás e seus anjos?

Mais do que você imagina...

O mundo espiritual é como as ondas de rádio, as ondas que transmitem as vozes nos telefones celulares: você não as vê, mas elas existem e são tão atuantes que conseguem estabelecer uma conexão direta entre pessoas em dois pontos tão distantes como as cidades de Florianópolis, no Brasil, e a Cidade de Paris, na França.

Da mesma forma é o mundo espiritual, você não vê os espíritos, mas eles existem e também são atuantes neste mundo.

E como eles atuam?

Podem oprimir as pessoas, como também podem possuí-las.

A opressão espiritual é fora do corpo, ao passo que a possessão é dentro do corpo humano.

Quando os espíritos agem oprimindo ou possuindo uma pessoa podem, por exemplo, tornar uma pessoa deprimida ao ponto de suicidar-se.

Podem oprimir um homem a tal ponto que mesmo, não desejando embriagar-se, é compelido por esse espírito a beber sem nenhum controle sobre o vício;

Podem também oprimir um homem a viciar-se em sexo com prostitutas, quando o mesmo tem uma esposa ou companheira em casa;

Podem oprimir o homem a tal ponto de o mesmo, apesar de não desejar, drogar-se;

Podem oprimir uma pessoa ao ponto da mesma viciar-se em sexo com uma outra pessoa do mesmo sexo, ainda que a mesma queira parar, mas não consegue, uma vez que os espíritos imundos a escraviza, e a mesma não possue forças para livrar-se do peso que tais espíritos lhes põe sobre os ombros.

As atividades sexuais, tanto as normais como suas aberrações, apesar de serem desenvolvidas na mente humana, só podem ser experimentadas pelo corpo.

Por isso, antes de falarmos da relação entre o homossexualismo e os demônios temos que entender a relação dos demônios com o corpo humano.

É o que estudaremos na próxima postagem.

Em Cristo!

A seguir: A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte II
Images

Levítico 18:21 - O devorador de crianças.

O devorador de crianças.

Levítico 18:21

O Senhor Deus continua a declarar a Moises suas leis;

_ Diga ao povo de Israel que nenhum pai deverá entregar o filho ou a filha para servir o deus Moloque. Isso seria profanar o santo nome de Deus, o SENHOR.

O costume de sacrificar crianças era praticado entre os antigos fenícios e os habitantes pagãos de Canaã.

Mas quem era Moloque?

Moloque é um demônio, que foi cultuado na antiga Canaã como um deus.

A ele eram oferecidos sacrifícios de crianças.

Ele induzia também as mulheres ao aborto, pois desde a antiguidade satanás tem também o interesse pelo derramamento de sangue inocente.

Deus pedia o derramamento de sangue inocente para salvar, enquanto satanás com toda a sua inveja, querendo ser um deus, exigia e ainda exige o sangue inocente, não para salvar más para matar.

A adoração a Moloque era feita através de sacrifícios humanos, na sua maioria crianças, seus adoradores deveriam dar sua semente, para serem queimadas no fogo.

Moloque era um deus de aparência horrenda, era meio homem e meio boi, todo esculpido de bronze, possuía na altura do seu ventre uma fornalha onde eram lançadas vivas as crianças ofertadas.



Seus sacerdotes o aqueciam de tal modo que se tornava vermelho, trazendo assim a atenção de seus adoradores.

No passado o povo pecou e foi levado a perdição por falta de conhecimento, hoje apesar de ter o conhecimento continua pecando e se perdendo cada dia.

E o que vemos nos dias de hoje?

Vemos pais matando seus filhos, Mães abortando, jogando filhos pela janela, abandonando recém nascidos em lixeiras, etc.

Moloque continua sendo venerado, cultuado, adorado...

Em seu livro o"Crimes Satânicos, Leo Montenegro denuncia o rapto organizado de pessoas com objetivo serem sacrificadas em rituais de magia negra dentro e fora do Brasil, apresenta casos que vêm acontecendo em todo o mundo.

A notícia que segue abaixo, é o relato de um dos crimes mais bárbaros que nosso país já viu.

Na noite de 7 de abril de 1992, na cidade balneárea de Guaratuba Paraná, o menino Evandro Ramos Caetano, de seis anos de idade, foi sacrificado ritualmente a Exu.


Participaram do ritual satânico sete pessoas: dois pais-de-santo Vicente de Paula Ferreira e Osvaldo Marceneiro; três outros homens também ligados a práticas de macumba Davi dos Santos Soares, Francisco Sérgio Cristofonili e Airton Bardelli dos Santos; mais a mulher e a filha do prefeito da cidade Celina Cordeiro Abage e Beatriz Cordeiro Abage.

O menino fora sequestrado na véspera por Celina e sua filha Beatriz, com o carro Escort desta última, e levado para um galpão de serraria de propriedade do prefeito Aldo Abage, onde se realizaria o macabro ritual.

Depois de estrangular a criança, fizeram-lhe um talho no pescoço para que o sangue escorresse em uma vasilha; o peito foi aberto e o coração retirado; abriram também o ventre e extraíram as vísceras; depois, deceparam o órgão genital do menino; em seguida, retiraram o couro cabeludo com uma navalha e cortaram as orelhas; por fim, amputaram-lhe as mãozinhas e os dedinhos do pé. Tudo foi recolhido em alguidardes (tigelas de barro).

O sacrifício da criança seria oferecido a Exu que é um espírito que tanto faz o bem como o mal declarou posteriormente um dos macimbeiros assassinos.

O local onde o ato foi realizado era escuro, iluminado apenas por sete velas brancas, sete velas pretas e sete velas vermelhas.

Durante o ritual, Osvaldo cantava hinos umbanda em louvor a Exu. (Depoimento do pai-de-santo Vicente de Paula Ferreira).

A medida que iam sendo retirado os órgãos da criança, Celina ia fazendo pedidos de proteção e vitória, ou seja, proteção no comércio e abrir o lado financeiro e força na política.

Celina agia normalmente, não tendo sentido nenhum tipo de repulsa durante todo o ritual.

Ao final deste, as tigelas de barro ou alguidares contendo os órgãos e o sangue do menino sacrificado foram colocados numa casinha, do tamanho de uma casa de cachorro, construída no quintal para essa finalidade (trata-se de uma espécie de pequeno templo dedicado a Exu, existente em todos os terreiros de umbanda).

Como eu disse, moloque continua sendo venerado, cultuado, adorado...

Qual a notícia relacionada à matança de crianças que mais assistimos nestes últimos dias?

O caso do atirador que matou dezenas de crianças em uma escola no Rio.

Pois é prezado leitor, a mensagem deste versículo é mais atual do que você poderia imaginar.

E o Futuro parece nada animador, principalmente quando a besta estiver livre para governar este mundo, a grande matança de crianças será ainda maior.

Para concluir, quero lhe dizer que não é somente no ato da morte que uma criança é sacrificada, hoje vemos muitos desenhos, jogos e sites que sacrificam a mente de crianças inocentes, formando assim indivíduos com mentes perversas, que no futuro adorarão, servirão e matarão em nome do diabo.

Pense nisso!

Em Cristo!

A seguir: A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte III
Images

Levítico 18:6-20 - Proteção para o casamento

Proteção para o casamento

Levítico 18:6-20

O respeito pelo corpo e suas funções é o tema central desta postagem, respeito por nosso próprio corpo, e pelo corpo alheio.

A imoralidade era um dos pecados gritantes da antigüidade, e a terra de Canaã não era uma exceção.
Entre os egípcios a indecência em seus sentimentos e práticas sobre a relação conjugal também era terrível.

Entre eles não só era abertamente permitido casamentos entre irmãos e irmãs, como também entre pais e filhos .

O casamento era tido como algo de pouca importância e as mulheres eram tratadas como gado.

Este capítulo apresenta o quadro real das condições existentes entre os pagãos daquela época.

E Deus com sua lei avisava a Israel para ir contra a tudo isto.

É interessante como Deus faz esta advertência, com todos seus detalhes nus e crus, colocando em evidencia o perigo que rodeava Israel e do qual devia estar prevenido.

No princípio Deus criou o homem, a mulher e o casamento, estabelecendo assim as condições ideais para a bênção e a comodidade do homem.

Esta lei servia para preservar o lar, a nação e a pureza de ambos os sexos.

O casamento não é desonroso, não é pecaminoso, nem algo que deva ser evitado, pelo contrário foi ordenado por Deus e é benção divina.

Por isso o casamento requer reverencia e santidade para sua devida observância.

Em Cristo!

A seguir: O devorador de crianças.