Images

Levítico 26: 1-46 - Bênçãos e castigos.

Bênçãos e castigos.

Levítico 26: 1-46 

Como já era habitual, Moisés em sua devocional diária, falou com Deus e recebeu dele mais algumas instruções.

_ Moisés?

_ Senhor?

_ Vou repetir... Não façam imagens para adorarem. Guardem o sábado e respeitem o lugar de adoração.

_ Sim Senhor!

_ Se vocês me obedecerem, terão uma boa vida pela frente. As colheitas de vocês serão muito boas, tão boas que ainda estarão colhendo cereais quando chegar o tempo das uvas, e colhendo uvas quando chegar o tempo de semear os campos. Vocês viverão em paz, dormirão aliviados. Ninguém vai aborrecer vocês. Nada de inimigos, nem de animais selvagens. E se alguém mexer com vocês serão derrotados facilmente.

_ Que maravilha!

_ E tem mais... As colheitas vão ser tão grandes que vocês vão ter que jogar fora o trigo velho pra poder armazenar o novo. Eu andarei entre vocês e serei o seu Deus e vocês serão o meu povo…

_ É bom saber disso, pois nos dará muita segurança.

_ Pois é. Porém, se vocês resolverem me desobedecer...

_ Não. Não vamos desobedecer!

_ Mas se me desobedecerem vou mandar doenças pra vocês. Não vai adiantar nada plantar, porque seus inimigos é que vão comer os alimentos produzidos pela sua terra. Eu não vou mais andar entre vocês e farei com que os seus inimigos os derrotem.

_ Não vamos desobedecer!

_ E se mesmo assim vocês continuarem me desobedecendo, mandarei um castigo sete vezes pior.

_ Ught...

_ Acabarei com a força de vocês, não vou mais mandar chuva e o chão vai ficar duro.

De um modo muito especial, a prosperidade e a abundância na Palestina dependiam de que as chuvas caíssem no tempo certo.

No Egito, os israelitas tinham visto o transbordamento regular do Nilo, pelo qual a terra era regada e se voltava frutífera.

A Canaã era "terra de morros" e, portanto não dependia de um rio para regar sua terra.

Os Israelitas não estavam acostumados à chuva, já que raramente chovia no Egito.

Agora tinham de entrar num país onde sua existência dependia da chuva.

_ Vocês vão trabalhar o quanto quiserem, porque o campo não vai produzir nada. Quem sabe assim vocês se arrependem. Mas se não se arrependerem...

_ Ught...

_ Vou mandar animais selvagens invadirem as cidades de vocês. Eles vão matar seus filhos, vão acabar com seu gado. E se vocês continuarem teimando, as coisas tendem a piorar...

_ Ught...
_ Vou mandar seus inimigos atacarem vocês. E se vocês se juntarem nas cidades para escaparem deles, eu farei com que sejam atacados por doenças graves, e serão capturados de qualquer forma. Vocês vão ter bem pouca comida, a fome vai acabar com vocês.

_ Ught...

_ Se mesmo assim vocês continuarem me desafiando, a fome será tanta que vocês vão acabar devorando seus próprios filhos. E eu vou destruir os ídolos que vocês tiverem construído, e jogarei seus corpos sobre eles. Destruirei suas cidades e templos, e não aceitarei os sacrifícios de vocês. Vou arrasar tanto a terra de vocês que quem vier ocupá-las depois ficará até assustado. A guerra vai acabar com tudo, e vocês serão espalhados pelas outras terras. A terra de vocês vai ficar abandonada.

_ Ught...

_ Mesmo os que sobreviverem em outras terras não terão paz: Viverão com medo, assustados com qualquer barulhinho. Vão fugir mesmo sem que ninguém os persiga. Vão morrer em terras estrangeiras e lá serão enterrados.

Deus tinha estabelecido um pacto com Israel, e se eles não cumpriam sua parte, enviaria sobre eles a espada. Ezequiel repetiu esta ameaça (Ezequiel. 5: 12), que foi cumprida na destruição de Jerusalém por Nabucodonosor, e mais tarde pelos romanos.

_ Eu sei, de sua preocupação. Eu sei. Mas não se desespere tanto assim! Porque os descendentes de vocês vão se arrepender e voltar a obedecer minhas leis. Aí eu vou me lembrar do acordo que fiz com Abraão, Isaque e Jacó, e de como tirei vocês do Egito.

Prestaram atenção?

Eles vão se arrepender...

Quer dizer que isso era uma profecia mesmo.

Este capítulo de Levítico contém uma profecia condicional que indica as bênçãos que se derramariam sobre Israel em caso de obediencia, e os castigos que seguiriam à desobediência.

E muitas destas profecias se cumpriram em forma notável.

Durante o curso dos séculos, os judeus sofreram grandemente, e a geração atual não constitui uma exceção.

Mas Deus não tem desamparado a nenhum judeu que esteja disposto a "confessar" seus pecados.

Em Cristo!

A seguir: O último capitulo de Levítico

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

Um comentário:

Related Posts with Thumbnails