Images

Josué 3: 16-17 - A travessia do rio Jordão


A travessia do rio Jordão

Josué 3: 16-17

O Rio Jordão era a barreira entre a região do deserto em que Israel perambulou por 40 anos e a terra prometida.

Nesse ponto, todos os adultos que vieram através do Mar Vermelho estavam mortos, isso incluia Moisés e Arão.

As únicas exceções eram Josué e Calebe.

Imediatamente depois de 30 dias de lamentação por Moisés, Deus mandou Josué preparar Israel para a travessia do Jordão.

Os sacerdotes colocam a arca do concerto nos ombros e começam a andar em direção ao Jordão.

Deus manda Josué ordenar aos sacerdotes que parem na beira do Rio.

A novecentos metros dali estava o povo acompanhando e observando o que iria acontecer.

Quando Israel chegou ao Jordão, o rio estava cheio.

O rio Jordão, nesse ponto, é apenas um riacho pequeno e, cruzá-lo, normalmente não apresentaria um grande problema...

À sombra do monte Hermom, sempre coberto de neve, com seus 2.750 metros de altitude, nasce o rio Jordão, na confluência de quatro torrentes que descem das montanhas do Líbano, provocadas pelo degelo da neve, provocado pelo calor. Esta água escore pela superfície ou pelas entranhas do monte e forma as nascentes do rio.

Só que eles o atravessaram em um momento de colheita, quando era um riacho inchado, transbordando constantemente sobre suas ribanceiras.

Isso acontece todos os anos, por causa do degelo das neves do monte Hermon.

Desta maneira, para mover dois milhões de pessoas através deste rio, incluindo mulheres, crianças e seus rebanhos, iria requerer um milagre como aquele da separação do Mar Vermelho.

Jordão significa aquele que desce ou também lugar onde se desce (bebedouro). Nome bem adaptado ao maior rio da Palestina, pois nasce acima do nível do Mediterrâneo.

Seguindo as instruções do SENHOR, transmitidas através de Josué, os sacerdotes que levavam a arca da aliança avançaram para dentro do rio, e, à medida que seus pés tocavam na água, as águas que vinham rio abaixo se amontoaram deixando o solo seco, cheio de pedregulhos, o bastante para que se pudesse atravessar, a partir daquele ponto até o mar Morto onde o rio desemboca.

Sendo a época da enchente de primavera do Jordão, o milagre foi tanto mais estupendo.

Foi um grande milagre que aterrorizou os cananeus já amedrontados.

O evento foi predito, o fato ocorreu conforme a predição, por quase um dia inteiro as águas "levantaram-se num montão", como diz a Bíblia.

O chão do rio drenado tornou-se seco e firme.

Se o evento fosse obra do acaso, dificilmente teríamos uma narração detalhada do milagre.

Enquanto os israelitas atravessavam, pisando terra seca, os sacerdotes que levavam a arca ficaram parados no seco, no meio do rio Jordão.

E ficaram ali até que todo o povo acabou de passar.

O impossível se torna possível quando o cristão está em santidade e obediência diante de DEUS!

A santificação e a submissão irrestrita à Palavra de DEUS são requisitos indispensáveis para a completa vitória na vida cristã.

"Santificai-vos, porque amanhã fará o SENHOR maravilhas no meio de vós" (Js 3.5).

Devemos fazer a obra de DEUS com fé e coragem, sabendo que, assim como o povo de Israel atravessou o Jordão a pé olhando para a arca, assim devemos olhar para JESUS, o autor e consumador de nossa fé para atravessarmos a vida cristã obtendo vitórias.

Em Cristo!



Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

36 comentários:

  1. Blog mais maneiro rsrs. Bom saber que ele ainda é atualizado. Parabéns! Já salvei nos meus favoritos.

    ResponderExcluir
  2. A paz do senhor, gostei muito do estudo aprendir mais um pouco da palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  3. A paz do senhor, gostei muito do estudo aprendir mais um pouco da palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  4. Só uma correção, não foram 30 anos, foram 30 dias. - Dt.34.8

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vi nenhuma referência a 30 anos e sim 30 dias, não entendi a correção

      Excluir
  5. Vocês não acham que os israelitas tinham muita mordomia. Já pensou que beleza. Vamos comer-caia maná, vamos comer carne-caiam codornas aos montes, vamos beber água-saia água da rocha, vamos atravessar o mar-o mar se abria, vamos atravessar o Jordão-o rio se abriu, vamos combater-Deus ia na frente chegando o porrete nos caras e jogando pedras, estamos com calor-Deus nos cobre com uma nuvem, esta escuro-Deus clareia o caminho. O faraó já tinha autorizado o povo sair, mas para a briga ficar melhor, Deus endureceu o coração de Farao só para ele largar a mão de ser medito a besta e se lascar ainda mais. Com toda essa proteção o povo hebreu acabou em nada. Foram destruídos e dispersos pelo mundo. Ironicamente, o que permitiu o novo estado de Israel foi o "holoocauto". Tenho certeza que todas as narrativas dos Hebreus são. "BRAVATAS" O pior é que tem gente que acredita nisso tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem aventurados aqueles que nunca viram e creram.Tu irá crer quando estiver do outro lado(morte).

      Excluir
    2. Bem aventurados aqueles que nunca viram e creram.Tu irá crer quando estiver do outro lado(morte).
      Responder

      Excluir
    3. Deus continua cuidando dos que são tidos como merecedores, ou seja, os que lhe São obedientes e tenentes.
      Mas ele ama até mesmo os que não crêem nele. Pois o seu Amor fone ao nosso entendimento.

      Excluir
    4. Caro Anônimo, eu sei que nada justifica a murmuração mas vc já imaginou comer a mesma comida todos os dias durante 40 anos? Sei, eu sei que eles estavam num processo de prova, que logo deveria passar, mas não é mole não. Paz

      Excluir
  6. Só mais uma correção. Isto é tudo MENTIRA-

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A única mentira, é você!
      Você está enganado(a)por Satanás, se liberta criatura, observa as coisas e vê se o homem natural pode fazer muitas coisas que vemos acontecer no dia-a-dia? Tu ainda não tem uma experiência com Deus por causa da incredulidade do teu coração, da espaço pra Jesus nesse coração de pedra, e deixe ele agir na tua vida criatura!

      Excluir
  7. Gostei muito cada dia aprendo mais sobre nosso Deus

    ResponderExcluir
  8. Verdade! Qdo nós colocamos nossas vidas no serviço do Senhor,e vivermos na obediencia iremos obter os mesmos resultados dos nossos antepassados.Pq Ele é presente.passado,futuro.

    ResponderExcluir
  9. Esta escrito 30 dias, e o texto foi muito bem explanado.

    ResponderExcluir
  10. pessoal se a agua do rio Jordao a caba a gente morre

    ResponderExcluir
  11. Tem que ter um quociente intelectual baixo, todos sabem que o Antigo Testamento está repleto de contos fantasiosos, que fazem parte da mitologia Hebraica. Se analisarmos a História das antigas civilizações, notaremos a grande influência entre narrativas Bíblicas e os mitos Babilônicos. Em Gêneses capítulo 2 versículo 7 temos a seguinte narrativa" O Senhor Deus formou, pois, o homem do barro da terra, e inspirou-lhe nas narinas um sopro de vida e o homem se tornou um ser vivente." Porém, não passa de uma cópia da mitologia de criação Babilônica,pois na visão deles, a divindade denominada Marduk, modelou e fez o homem, detalhe!!, a estória do barro é muito mais antiga que a contada na Bíblia!!!,prova da influência dessa civilização na cultura Hebraica!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se escreve história.

      Excluir
    2. Oo pessoa do " intelectual alto"(kkk), vai estudar um pouquinho as novas regras ortográficas da língua portuguêsa. "Estória" é ótimo. Bom, quanto ao assunto bíblico, nem vou perder meu tempo contigo, " intelectual"

      Excluir
    3. Algumas palavras da língua portuguesa são responsáveis por dúvidas frequentes, mas duas delas apresentam um aspecto curioso e, por isso, nem sempre sabemos como empregá-las corretamente: história e estória. Você sabe a diferença existente entre elas? Qual a forma correta? História ou estória?

      Pois bem, as duas grafias existem e antigamente havia uma diferença significativa entre elas. A palavra estória é muito antiga na língua portuguesa, acredita-se que tenha surgido no século XIII. Empregava-se a forma estória quando a intenção era se referir às narrativas populares ou tradicionais não verdadeiras, ou seja, ficcionais. Já a palavra história era utilizada em outro contexto, quando a intenção era se referir à História como ciência, ou seja, a história factual, baseada em acontecimentos reais.

      A palavra estória é considerada um tipo de arcaísmo, isto é, aquelas palavras que, por serem muito antigas, quase não usamos mais. Ela era utilizada quando ainda não havia uma grafia uniformizada para as nossas palavras, mas, em 1943, com a vigência do nosso sistema gráfico, a Academia Brasileira de Letras entendeu que não deveria mais haver diferenças entre história e estória e que a palavra história deveria ser empregada em qualquer situação, seja para nomear narrativas ficcionais ou reais. Observe os exemplos:

      Excluir
  12. Obrigado, td vez que estudo por aqui (blog)me sinto muito abençoada.
    por favor, não pare. Deus é contigo.
    Cidinha lopes

    ResponderExcluir
  13. Acredito que DEUS veio para fazer e não para colocar duvidas e propiciar a incrédulos motivos de descrença.'VEIO E FEZ ACREDITE SE QUISER'.

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito... Alguns comentários são desnecessários.

    ResponderExcluir
  15. Muito bom. Gostei de aprender mais da história do povo Hebreu.
    Continue por favor.
    👏👏👏👏👏

    ResponderExcluir
  16. e que se cumpra as ordens do Senhor nosso Deus!

    ResponderExcluir
  17. Quanto tempo o povo hebreus levou pra atravessar o rio Jordão

    ResponderExcluir
  18. Tem Muita Gente Sem o Conhecimento da Palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  19. Primeira vez que entro neste site e ja estou gostando sempre e bom conhecer a palavra do Senhor .Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  20. Certos comentários prestam um desserviço à FÉ humana. Que não se abalem, pois a FÉ remove montanhas, não interessa se alguns não crêem. Rezemos por essas pessoas incrédulas, para que elas tenham paz, e que um dia, reflitam e voltem para o PAI, pois Ele está de braços abertos te esperando. À exemplo da prostituta Raabe, apesar dos seus erros, a sua Fé salvou a sua Família. Cristo sem nós, continua sendo Cristoe enquanto nós sem Cristo....

    ResponderExcluir
  21. Hoje, na minha igreja, foi pregado sobre este tema. Uma coisa que não sabia, mas estou pesquisando, é que segundo ele, o paredão de água, se formou à uns 30 kms rio acima, e não alívio onde estavam.

    ResponderExcluir
  22. Amei o site tirou minha curiosidade legal é saber que Deus escolheu que eles atravesasem o rio em uma época propícia a enchentes, Ele não precisa mas quis mostrar que é Deus.O que tudo pode, cada dia eu fico mais apaixonada

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails