Images

Josué: 7: 20-26 - O pecado de Acã – Parte V


O pecado de Acã – Parte V


Josué: 7: 20-26

_ E então Acã? Vamos! Desembucha logo meu filho!

A revelação pública de sua culpa facilitou a cooperação de Acã que prontamente confessou seu crime.

_ Tá bom eu falo! Sim, eu pequei contra o SENHOR, o Deus de Israel...

Perceba que só quando foi obrigado a fazer, Acã reconheceu sua culpa, e até nesse momento não demonstrou um verdadeiro arrependimento.

_ Agora me conte o que especificamente você fez.

_ Bom, estávamos todos lá em Jericó, tocando fogo em tudo, fazendo nosso trabalho, quando vi no meio dos escombros uma bela capa, coisa fina, made in Babilônia. Eu pensei... Oras, é só uma capa, não faz diferença nenhuma, e peguei.

Tratava-se de um traje caríssimo, provavelmente tecido de ouro, só ao alcance dos membros da realeza ou dos mais ricos.

_ Sei... Continue!

_ Vi também umas duzentas barras de prata e uma barra de ouro que pesava mais ou menos meio quilo...

_ Você pegou OURO e PRATA pra você, Acã???

_ Er… Peguei, né? Fiquei com tanta vontade de ter aquelas coisas, que guardei para mim.

Acã seguiu o processo comum do pecado. Primeiro olhou, depois cobiçou, e finalmente pegou.

E quando o teve furtado, seu próximo passo foi esconder o que tinha feito.

Nunca devemos esquecer esta grande verdade: Para poder evitar o pecado, devemos expulsar rapidamente à primeira insinuação do pecado, ou seja, o primeiro olhar...

_ E onde você escondeu essas coisas?

_ Tá tudo enterrado na minha barraca.

Então Josué, ansioso para limpar o acampamento do pecado, mandou que alguns homens fossem depressa até a barraca; e eles, de fato, acharam as coisas enterradas e a prata por baixo.

Então Josué e todo o povo de Israel levaram Acã, sua família, seus animais e tudo o que ele possuía para um vale.

Não sabemos se a família de Acã havia aprovado o que ele havia feito.

Naqueles tempos, a família era considerada como um núcleo solidário, e participava da fortuna ou infortúnio do seu chefe, neste caso Acã.

Muitos israelitas haviam sido mortos na batalha, por sua causa; agora ele e todos os seus tinham que ser eliminados completamente de Israel, para que nenhum vestígio do seu pecado permanecesse.

O pecado tem conseqüências drásticas, exigindo que sejam tomadas medidas drásticas para eliminá-lo (Romanos 8:13, 1 Coríntios 11:31-32).

E Josué disse:

_ Por que é que você fez essa desgraça cair sobre nós? Agora o SENHOR Deus vai fazer a desgraça cair sobre você!

Em seguida o povo todo matou Acã a pedradas.

Eles apedrejaram e queimaram a sua família e tudo o que ele tinha.

Lá o povo apedrejou Acã e queimou sua família e seus bens, inclusive os objetos que ele pegara em Jericó.

Feita a desgraceira, empilharam um monte de pedras sobre a família carbonizada.

O lugar passou a se chamar Vale de Acor, que significa desgraça.

Acã havia subestimado a gravidade de desobedecer ao mandamento de Deus.

Tendo enterrado todo o botim, ele pensava que ninguém estava a par do que havia feito, e que mais tarde poderia desfrutar dos seus tesouros com impunidade.

Mas os efeitos foram sentidos pela nação inteira, bem como por toda a sua família.

Nossas ações também têm repercussões maiores do que imaginamos: não nos enganemos ao pensar que os nossos pecados são tão pequenos ou pessoais que ninguém mais sofrerá as consequências deles.

Em Cristo!


Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

Um comentário:

Related Posts with Thumbnails