Images

Juízes 3:27-31 - Otniel, Eúde e Sangar

Otniel, Eúde e Sangar

Vimos na postagem anterior que mediante uma emboscada, Eúde aproveitou-se da sua particularidade de ser canhoto, e matou Eglon com uma punhalada dada com a mão esquerda depois de lhe entregar o tributo exigido dos israelitas.

 Enquanto no meio dos moabitas achava-se a maior confusão em função da morte de Eglon, nas montanhas de Efraim encontrava-se Eúde tocando sua corneta de chifre de carneiro para chamar os israelitas para a guerra.

 _ Atenção povo de Israel! Vamos acabar com a raça dos moabitas! Já matei o Hipopótamo que eles chamam de rei, agora vamos atacá-los!

Os soldados desceram e tomaram a região nos vaus do rio Jordão por onde os moabitas costumavam passar.

 Mataram dez mil moabitas na batalha, reconquistando a soberania de Israel.

 Dessa vez houve um período de paz bem longo: 80 anos, até a morte de Eúde.

 Nada mais nos é informado a respeito de Eúde.

 Como ele atribuiu sua vitória ao SENHOR, sabemos que confiava nEle, e considerava que fora usado como instrumento nas mãos de Deus para aliviar o povo da opressão.

 A Bíblia não diz se Eúde foi usado por Deus, apesar dos detalhes minuciosos de como agiu para matar Eglom, como os métodos empregados por ele, à mentira e o homicídio parecem indicar que não foi movido por Deus.

Nesse meio tempo, só os filisteus chegaram a dar algum trabalho.

 Mas um tal Sangar, filho de Anate, cuidou bem da situação, com a incrível façanha de com uma aguilhada de bois, (uma haste de madeira ainda usada no oriente médio), feriu seiscentos filisteus.

 Os filisteus, que viviam no litoral do mar Mediterrâneo, frequentemente faziam pilhagem em partes próximas do território ocupado por Israel, fazendo sofrer o povo que lá habitava.

Com esta ação corajosa e extraordinariamente vitoriosa, Sangar retirou a opressão do povo.

 Sem dúvida, sem o poder de Deus com ele, Sangar não teria tido a habilidade e a força necessária para vencer um número tão grande de adversários.

 Sem que ele tivesse fé no poder de Deus para ajudá-lo, ele não teria a temeridade de, com tão poucos recursos, enfrentar o inimigo.

 Infelizmente, com o tempo o voltou a adorar outros deuses, aquele negócio de sempre.

 Foi quando surgiu Débora, a primeira liderança feminina da história de Israel.

 Mas isso é assunto para os próximos capítulos.

 Aguardem!

 Em Cristo!


Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

2 comentários:

Related Posts with Thumbnails