Images

Juízes 4:9 - 14 - Baraque, o covarde!


Baraque, o covarde!

_ Só irei se você for comigo. Se você não for, eu também não irei.

Dizem as más línguas que Baraque era covarde e por isso o SENHOR teve que usar uma mulher para liderar o povo nos combates...

Foi em consequência disso que Baraque foi privado da honra da investida contra o inimigo: o SENHOR entregaria o famigerado Sísera nas mãos de outra mulher (Jael).

_ Está bem! Eu vou com você.

Débora era uma mulher valente, ansiosa para livrar seu povo do inimigo, ela não hesitou em acompanhar o acanhado Baraque até o norte para juntar seu exército em Quedes de Naftali.

_ Mas você não ficará com as honras da vitória, pois o SENHOR Deus me disse que entregará o incircunciso do Sísera nas mãos de uma mulher.

_ Hught...

Depois deste tapa na cara, Baraque envergonhado, convocou as tribos de Zebulom e Naftali para a cidade de Quedes, e dez mil homens o seguiram.

E Débora foi com ele...

Débora não teve medo de ir ao norte com Baraque, onde os cananeus botavam o maior terror nas populações ao ponto de estes não usarem mais as vias públicas.

Alguns comandantes em Israel, se ofereceram para combater voluntariamente...

Algumas tribos ajudaram, como, Naftali e Zebulon, a tribo de Efraim que contribuiu com guerreiros, bem como Benjamim e a meia tribo de Manassés.

Mas a união entre as tribos não estavam lá aquelas coisas...

Outras, por exemplo, nada fizeram para ajudar... Lá para as bandas de Rúben, distante, ao sul e do outro lado do Jordão houve opiniões divergentes e muita discussão mas ficaram por lá...

De Gade e da outra meia tribo de Manassés, também do outro lado do Jordão, não foi ninguém...

Dã, no litoral do Mediterrâneo, preocupou-se com seus navios e não ajudou...

Aser, também no litoral, nada fez...

Enquanto isso, a notícia do ajuntamento israelita e de sua subida pelo monte Tabor correu e chegou aos ouvidos de Sísera, "o terrível", que prontamente convocou seu exército raivoso e foi ao encontro dos revoltosos.

O caminho melhor para seus carros era o vale do ribeiro Quison, e foi por ali que subiram em direção ao monte...

A chapa estava prestes a esquentar...

Então Débora disse a Baraque:

_ Agora é s sua vez, vá!

_ Que-quem? E-eeu?

_ É, você Baraque! Vá agora porque é hoje que o SENHOR lhe dará a vitória sobre Sísera. O SENHOR está com você!

Então Baraque, pela graça e misericórdia do Senhor, desceu do monte Tabor com os seus dez mil homens...

O que aconteceu com nosso... corajoso guerreiro?

É assunto para a próxima postagem...

Em Cristo!

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

4 comentários:

  1. Kkkkkkkkk qe otario .. tao covarde qe enfrentou un exército bem mais poderoso e venceu . trouxa

    ResponderExcluir
  2. Apesar de ser um líder, Baraque atendeu ao chamado da juíza Débora e ouviu dela o direcionamento para suas ações. Ele entendeu que Deus havia estabelecido Débora como autoridade espiritual em seus dias. Por mais poderoso que seja um homem, por mais destacado que seja o cargo que ocupe, precisa prestar contas e caminhar sob a cobertura e a autoridade espiritual de homens e mulheres determinados por Deus, se quiser ser bem sucedido. Ele não foi covarde e sim sábio.

    ResponderExcluir
  3. Queria ser um "covarde" desse citado como um dos heróis da fé de Hebreus 11...

    ResponderExcluir
  4. Queria ser um "covarde" desse citado como um dos heróis da fé de Hebreus 11...

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails