Images

A tragédia na boate em Santa Maria e uma reflexão sobre a morte.



Você acompanhou as notícias sobre a tragédia em Santa Maria? Você pode imaginar o que aquelas pessoas passaram até encontrarem a morte? A morte estava em seus calcanhares a cada segundo após o incêndio. Como eles enfrentam o maior desafio de suas vidas? Se estivéssemos em suas peles, como é que nos prepararíamos para enfrentar a morte?

A morte não faz acepção de pessoas. Ele vem para todos, pessoas de todas as idades morrem, e não apenas os idosos, mas jovens e as crianças também. Ela não avisa quando chega, não respeita religião nem riquezas ou poder.
Nós todos devemos se preparar para a morte. Mas como? Temos um exemplo de alguém que a enfrentou, Jesus. Como ele se preparou para ela? Quer aprender com Jesus, como se preparar para a morte? Então separe alguns preciosos minutos de sua vida, lendo este artigo.

Sua missão
Jesus Cristo quando esteve entre nós, foi um ser humano em todos os aspectos, exceto que ele era sem pecado. E sendo puro, ele não teria que sofrer a morte como castigo pelo pecado. A vida eterna e a glória do céu era seu lugar. Mas antes de entrar na bem aventurança do céu, ele tinha uma missão para cumprir em nosso benefício, sofrer os tormentos da morte e dar a sua vida para como o sacrifício pelos pecados de todos nós. Para isso, Jesus teria de apresentar-se em humilde obediência ao sofrimento das torturas do inferno e da agonia da morte.

Um convite
Quero lhe convidar para ir até o Getsêmani, onde Jesus enfrentou as ultimas horas que antecedia sua morte na cruz. Lá você o verá se preparando para sofrer a nossa morte e condenação. Você poderá sentir um pouco do que Jesus estava sentindo, a ponto de ele mesmo dizer: "A minha alma está profundamente triste até à morte".

Ele conheceu a nossa morte, e seu pavor era tanto que não lhe restava outra coisa senão orar incessantemente. A agonia dentro de sua alma se encheu dos gritos de seus lábios ao seu Pai celeste, o único que poderia salvá-lo da morte. Seus apelos foram expressos em lágrimas de aflição sobre o que lhe viria pela frente. Ele sabia que sua morte passaria pelas páginas das torturas do inferno e as dores da morte na cruz, fato que agonizou sua alma a ponto de suar em grande quantidade, gotas de sangue. 

Como um ser humano, o peso dos pecados do mundo e os horrores da morte e da condenação, dominavam sua alma, fato que o fez pensar na possibilidade de livrar-se da morte terrível que o esperava. Ele não fugiu da morte, mas temia os terrores de ser abandonado por Deus, seu Pai. Em agonia, ele orou: "Meu Pai, se for possível, pode me livrar deste cálice... No entanto, não seja como eu quero, mas como tu queres. "E novamente ele orou:" Meu Pai, se não for possível afastar de mim este cálice sem que eu beba, que seja feita a tua vontade "

Não era possível Jesus livrar seu copo de morte e condenação. Essa era a condição para livrar os pecadores deste mundo, não havia outra saída, a menos que ele bebesse o cálice até seu fim amargo. Mas, por amor a todos nós, ele estava disposto a sofrer. Mas perceba que para lhe auxiliar neste momento tão crucial de sua vida, seu Pai enviou um anjo para fortalecê-lo. No Getsêmani, Jesus, nosso substituto, enfrentou a morte e condenação e agonizou sobre os tormentos que ele iria sofrer por todos os nossos pecados. 

Tentar entender
Não como dimensionar tal sofrimento, mas você pode imaginar o que ele iria passar fisicamente, mentalmente, emocionalmente, psicologicamente e espiritualmente se estivesse prestes a morrer queimado ou asfixiado, como os jovens em Santa Maria e ter que sofrer os tormentos da morte que eles também passaram? Isto foi o que Jesus fez por nós. Nós éramos os culpados penais do delito, ele era o Salvador inocente a ponto de sofrer o nosso castigo. 
No entanto, porque somos pecadores, devemos morrer. A morte é o salário de nossos pecados. 

Quando tivermos que enfrentar a morte, que pensamentos você acha que passarão por nossas mentes? A perspectiva da morte eterna e da condenação fez Jesus agonizar e sofrer antes mesmo da morte chegar. O medo da morte e do inferno pode aterrorizar nossas mentes, nesta hora. Quando enfrentarmos a morte, podemos esperar que todos os nossos erros e culpas pilharão em nossas consciências nos aterrorizando. Nossa consciência irá nos preocupar com o conhecimento doloroso de nossos pecados passados ​​e provocará sentimentos angustiantes de culpa.

Há muito tempo atrás, li na revista “veja” uma matéria que falava sobre uma rebelião em um presídio e o caso de um presidiário, sendo lentamente linchado em uma sela que dizia: “Deus, eu sinto muito. Sinto muito”. O diabo, ou sua consciência, ou ambos, o atormentavam com sentimentos de culpa sobre as coisas de seu passado. 

Aprendendo com Jesus
Graças a Jesus, que assumiu a culpa de todos nós e sofreu nosso castigo. Eu gostaria de poder dizer a aqueles jovens que Deus já perdoou todos os seus pecados e que eles não deveriam ficar preocupados com a morte.

Da mesma forma, não devemos ser perturbados pela culpa e pelo medo do inferno, quando estamos enfrentando a morte. Para evitar que isso aconteça para nós, temos de estar preparados para os ataques do diabo e a nossa consciência. Vamos aprender com Jesus, a como se preparar para a morte?

Certeza da salvação
Quando ele estava enfrentando a morte e condenação por nós, ele sabia que iria ressuscitar, que iria desfrutar o céu, isso lhe permitiu suportar a morte e condenação que ele sofreu na cruz por nós. É isso que poderá lhe confortar e sus últimos instantes de vida. A certeza de que logo, logo, estás com Deus no paraíso. E foi isso que confortou o ladrão quando este pediu para que Jesus lembrasse dele quando entrasse no paraíso.

Oração
Vamos aprender com Jesus a preparar para a morte através da oração. Quando ele estava enfrentando no Getsêmani a agonia da morte e condenação, ele orou e foi confortado por um anjo. Nestes momentos finais de sua vida, devemos orar pela ajuda de Deus.  Quando chegarmos ao fim de nossas vidas, quando estivermos prestes a entrar na glória que Ele preparou para nós, ele vai nos dar a força espiritual necessária para passar através da morte para a vida.

Tenho lido testemunhos verdadeiros deste tipo de conforto na morte de cristãos, pouco antes de morrer. Creio que às vezes, Deus envia seus anjos para fortalecê-los, como fez com Jesus. Assisti a um documentário da Discovery, relatando o caso de uma pessoa que segundos antes de morrer dizia: “Olha”! Há um anjo no canto do meu quarto! Outro caso conta de uma pessoa dizendo: Eu vejo Jesus em minha cama. O documentário relatava também inúmeros casos de pessoas morrendo, incapazes de falar, terem estendido suas mãos para alguém, provavelmente o Senhor ou um anjo. Por isso, quando chegar nossa hora, vamos orar, como fez Jesus, para recebermos força, a nossa oração confiante será respondida. Então, estaremos prontos para morrer quando chegar nossa hora como foi a de Jesus.

Obedecer como Jesus
Mais uma vez, vamos aprender com Jesus como nos preparar para a morte. Ele é a nossa fonte de salvação eterna. Então, o que nós temos que temer? Como foi com Jesus, a vontade do Pai é que devemos passar pela morte para entrar na vida eterna. Uma vez que esta é a sua vontade para nós, quando há nossa hora chegar, vamos obedecê-la, como fez Jesus. Acreditando no cuidado divino de nosso Pai amoroso e sua proteção.

Quando chegar a nossa hora, vamos seguir o exemplo de Jesus, dizendo: "Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito." Sabendo que o próximo momento, após nosso corpo parar de funcionar, será nosso encontro com Jesus no céu para vivermos com ele eternamente. 

Só estaremos preparados para morrer, quando estivermos preparados para viver. Jesus Cristo disse, “Eu vim para que tenham vida, mas vida em abundancia.” Viver em abundancia, é viver sabendo que estaremos prontos para a morte a qualquer momento de nossas vidas.

Em Cristo!


Obs.
Este artigo é patrocinado pelo Clube Ganhar Dinheiro
Um site que disponibiliza um treinamento completo para quem quer empreender pela internet, trabalhando em casa.

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails