Images

Juízes 19:12-20 - O levita hospeda-se em Gibeá, cidade da tribo de Benjamim


O levita hospeda-se em Gibeá, cidade da tribo de Benjamim


Na última postagem o empregado perguntou ao Levita se poderiam parar e passarem a noite na cidade dos jebuseus...

Mas o patrão respondeu:

_ Não vamos parar numa cidade onde o povo não é israelita. Vamos continuar até Gibeá.  

De acordo com esta afirmação, Jerusalém ainda estava sob o controlo do
Jebuseus e o levita temia que os direitos de hospitalidade poderiam ser violados em Jerusalém, sendo vítimas de assaltos ou coisa pior.

Assim, embora fosse anoitecendo, apressou-se a chegar a uma aldeia onde israelenses poderiam passar a noite.

Então passaram pela cidade de Jebus e continuaram a viagem.

Naqueles dias era muito perigoso para entrar em campo aberto à noite.

E depois de caminhar aproximadamente 5,6 km, e o sol já se pondo, eles chegaram a Gibeá, cidade da tribo de Benjamim.  

Gibeá é a cidade onde futuramente nasceria Saul, e ali estabeleceria a capital política do seu reino.

Gibeá ficaria hoje onde se localiza Tell el-Ful.
Cidade de Tell el-Ful, antiga Gibeá
Aí saíram da estrada para passar a noite na cidade.

Em cada cidade era geralmente deixado uma praça, perto dos portões da cidade para que os comerciantes e agricultores pudessem vender  seus produtos...

Nas pequenas aldeias como Gibeá, não haviam estalagens e os viajantes teriam de contar com a hospitalidade do vizinhos.

O levita e seus companheiros sentaram-se nesta praça do mercado, esperando que alguém oferecesse acomodações para a noite.

Mas depois de horas sentado sem que ninguém o convidasse para entrar em alguma casa, aconteceu que passou por ali um velho que estava voltando do seu trabalho na roça.

Ele era da região montanhosa de Efraim, mas estava morando temporariamente em Gibeá.

O velho viu o viajante na praça e perguntou:

_ De donde ocê é meu rapaz? E pra donde ocê vai?  

O levita respondeu:

_ Eu estou viajando de Belém de Judá para bem longe, para a região montanhosa de Efraim, onde moro, mas ninguém me ofereceu hospedagem para esta noite.  

_ Nas montanhas de Efraim? Ei mô rapaz, ocê é meu conterrâneo. Vao drumi na minha casa hoje!

_ Nós lhe seremos muito gratos. Temos alimento e palha para os jumentos, e pão e vinho para mim, para a minha concubina e para o meu empregado. Temos tudo o que precisamos. Não vamos lhe dar nenhum gasto. 

_ Num tô preocupado com gastos! Venham comigo... Ocês serão bem recebidos na minha casa. Eu cuido de ocês. Por favor, não passem a noite nesse diacho de praça. O povo dessa cidade não é frô que se chêre!

Parece que as coisas estavam indo muito bem para o lado do levita e seus acompanhantes...

Eu disse que parece...

Mas não por muito tempo, como veremos na próxima postagem...

Em Cristo!


Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails