Images

1 Samuel 19:8-17 - Saul ataca Davi com uma lança pela terceira vez!


Saul ataca Davi com uma lança pela terceira vez!

1 Samuel 19:8-17

A harmonia durou pouco tempo, Saul novamente foi dominado por um espírito maligno e na primeira oportunidade que teve, ao ver Davi tocando sua arpa tranquilamente, jogou sua lança na direção do genro a fim de mata-lo.

Esta foi à terceira vez que ele tenta mata-lo desta forma. Davi que já estava esperto desviou-se da lança e saiu correndo, dessa vez jurando a si mesmo que nunca mais colocaria os pés no palácio daquele rei maluco. Tudo bem que o rei tinha seus surtos vez por outra, mas aquilo já era demais para um mortal.

Na mesma noite, abandonando de vez seus juramentos, Saul envia alguns homens para ficarem de tocaia na casa de Davi. 

A ordem era trazê-lo como prisioneiro, para que fosse executado na manhã seguinte. 

Os homens saíram e ficaram espionando a casa. 

Mical, esposa de Davi, percebeu a movimentação estranha e avisou ao marido:

_ Querido, acho melhor você fugir. Tem uns homens aí fora, e sei que foram enviados pelo meu pai para matarem você.

Davi nem titubeou. Com a ajuda da esposa, desceu por uma janela nos fundos da casa. 

Em seguida, Mical pegou uma estátua, provavelmente uma imagem de algum ídolo que ela adorava as escondidas e a colocou deitada na cama, com um pedaço de pele de cabra tingida de vermelho na cabeça. 

Cobriu sua obra de arte com uma capa para que se parecesse com uma pessoa moribunda. Mal era acabara de concluir sua obra barroca, ouviu batidas na porta da frente. Foi atender como se não soubesse de nada;

_ O que desejam?

_ Temos ordens de Sua Majestade, vosso pai para fazer uma averiguação em sua casa.
_ Mas que absurdo, para que esta averiguação?

_ São ordens de sua majestade senhora, por favor, não obstrua nosso trabalho!

_ Não estou obstruindo nada. Só queria saber o motivo desta invasão a esta hora da noite.

_ Seguinte madame, viemos levar Davi, por ordens do rei Saul?

_ Eu sou filha do rei, e Davi é meu esposo! Voltem para suas guaridas imediatamente.

_ Temos ordem de só retornar acompanhados de Davi.

_ Sei, mas vocês não poderão leva-lo, pois ele encontra-se muito adoentado. Ao tentar fugir do maluco do meu pai, acabou se machucando e agora precisa de repouso.

_ Ah. Hum. Então o Davi encontra-se enfermo?

_ Foi o que eu disse.

_ Podemos dar uma averiguada?

_ Sim, entrem e vejam, só não façam barulho...

Depois de comprovarem que o suposto Davi estava na cama, voltaram para ao palácio com a notícia:

_ Majestade, fomos até a casa de sua filha, mas Davi encontra-se seriamente adoentado, o que nos impede trazê-lo até sua presença.

_ Hein?

_ Davi está doente senhor!

_ E daí? Seus incompetentes! Mandei que o trouxessem aqui. Aceitaram esta mentira descarada?

_ Mas foi sua filha que nos informou senhor!

_ Ah, querem saber? Vou com vocês.

Os agentes deram de ombros e voltaram à casa de Davi, dessa vez acompanhados pelo rei possesso. Bateram à porta e Mical gritou lá de dentro, impaciente:

_ Quem é?

_ Guardas do rei madame!

_ Mas de novo? Eu já não disse que meu marido está doente?

_ Sim madame, mas o rei nos deu ordens para levar Davi de qualquer maneira.

_ MAS EU JÁ FALEI, ELE TÁ DOENTE! ACAMADO! NÃO PODE SE LEV…

_ MICAAAAL?

_ Papai?

_ ABRA ESTA PORTA IMEDIATAMENTE GAROTA!

Mical gelou quando ouviu aquela voz possessa de seu pai. 

Já estava acostumada com seus ataques de fúria e não achava prudente enfrentar o cão raivoso, então abriu a porta.

_ Onde está Davi? Falou Saul babando de raiva.

_ L-lá em cima. Na cama... Ele não está bem, papai...

Saul subiu esfregando as mãos de ansiedade, com os homens atrás dele. 

Imaginem vocês a surpresa dele quando puxou a manta gritando “ARRÁ!” e viu a estátua na cama...

_ MICAL!

_ S-sim, pai querido?

_ O QUE SIGNIFICA ISSO? QUE PALHAÇADA É ESSA HEIN? POR QUE VOCÊ ME FEZ PASSAR POR ESTE PAPELÃO?

_ Não tive alternativas meu pai. Ele me obrigou a ajuda-lo a fugir, se não iria me matar se eu não o ajudasse a escapar!

Toda aquela confusão foi o suficiente para que Davi conseguisse fugir com tranquilidade para bem longe, em Ramá, mais precisamente. 

Ida para Ramá foi estratégica, pois era lá que morava seu aliado mais importante, o único capaz de ser respeitado por Saul.

Quem era esse homem?

É o que veremos na próxima postagem!

Em Cristo!

 a SEGUIR: Saul profetiza completamente nú

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails