Images

I Samuel 20: 19-42 - Davi, Jônatas e as pedras!


Davi, Jônatas e as pedras!

I Samuel 20: 19-42

_ Esconda-se atrás delas amanhã à noite. Eu vou para a festa, falo com meu pai e fico sabendo se a raiva do velho já passou ou não. Assim que souber, virei aqui para treinar com o arco, usando estas pedras como alvo.

_ E o que tem as padras haver com isso?

_ Presta atenção, Davi... Eu vou atirar três flechas e depois mandar meu empregado buscá-las. Se você me ouvir dizendo “Olha lá, as flechas estão para cá”, isso significa que está tudo bem e você pode sair. Se eu disser “As flechas estão para lá”, quer dizer que meu pai ainda está enfurecido e é melhor você fugir. Entendeu?

_ “Para cá”, tudo bem, “para lá”, a casa caiu. Entendi.

_ Muito bem amigo, agora trate de se esconder em algum lugar, e esteja atrás destas pedras amanhã e depois, ok?

_ Tudo bem meu amigo.

A Festa da Lua Nova durava três dias. Poderia ser que Saul não desse falta de Davi no primeiro dia, dificilmente ele não perceberia no segundo.

Davi saiu para se esconder em algum lugar e esperar o dia da festa atrás das pedras.
No dia seguinte, Saul chegou ao salão de festas do palácio todo paramentado como de costume. 

Abner, seu fiel escudeiro sentou-se ao lado do rei, e Jônatas à sua frente. 

O lugar de Davi, ao lado de Jônatas, permaneceu vazio. 

O rei notou, mas não disse nada, pensando que talvez ele chegasse a qualquer momento.

No dia seguinte, porém, vendo a cadeira de Davi vazia outra vez, Saul perguntou a Jônatas:

_ Meu Filho, cadê o jovem Davi? Não apareceu ontem nem hoje, o que será que aconteceu?

_ Ah, pai, esqueci de lhe avisar... Ele me pediu licença para ir a Belém festejar com sua família.

_ Hum... E você concedeu?

_ Concedi, algum problema.

_ PROBLEMA?  SEU FILHO DE UMA MULHER À-TOA! AGORA EU SEI QUE VOCÊ PASSOU PARA O LADO DE DAVI, TRAZENDO DESONRA PARA VOCÊ E PARA A SUA MÃE!

_ Não, pai, não é b…

_ CALA ESSA BOCA! Você passou para o lado de Davi. ASNO! Não sabe que você não será rei enquanto ele não morrer? Que o desgraçado quer é usurpar o trono? Traga aquele mequetrefe aqui para morrer! AGORA!

_ Mas, pai… Por que você quer tanto matar o Davi? O que ele fez?

Irritado, e não crendo no que ouvia da boca de Jônatas, Saul pegou sua lança (que estava sempre à mão para ocasiões assim) e atirou-a contra o próprio filho. 

Felizmente, para a sorte de Jônatas, a pontaria de Saul continuava ruim.

Mas pelo menos agora ele tinha certeza de que a fúria do pai não passara, muito pelo contrário, aumentava a cada dia. 

Jônatas levantou-se furioso da mesa e não comeu nada naquele dia, o segundo dia da Festa da Lua Nova. 

Ele estava muito sentido porque Saul tinha insultado Davi.

Na manhã seguinte ele foi ao campo a fim de encontrar Davi, como tinham combinado. Levou consigo um rapazinho e disse: 

_ Corra e vá buscar as flechas que eu atirar. O rapaz correu, e Jônatas atirou uma flecha que passou além dele.

Davi, que na primeiro noite, não recebera nenhum aviso do amigo, já estava quase desistindo nessa segunda noite quando ouviu distintamente a voz do amigo:

_ Ei, rapaz! Vai pegar as flechas! Estão para lá, ó. Bem para lá, entendeu? PARA LÁ! AS FLECHAS ESTÃO PARA LÁ!

O empregado não entendia nada, claro, mas Davi compreendera muito bem: Saul ainda queria sua cabeça, e não sossegaria enquanto não a conseguisse. 

Ia se levantando para sair quando ouviu novamente a voz de Jônatas:

_ PRONTO! CANSEI DE TREINAR! PODE VOLTAR PARA A CIDADE, RAPAZ! VOLTE PARA A CIDADE! PARA A CIDAAAADE!

_ Tá bom patrãozinho, não precisa gritar, eu já entendi.

Depois que o empregado foi embora, Jônatas foi encontrar Davi em seu esconderijo.

Muito agradecido a Jônatas, Davi se jogou no chão e enconstou o rosto no em terra por três vezes.

_ Obrigado, Jônatas! Muito obrigado meu grande amigo!

_ Que é isso meu irmão, isso é o mínimo que posso fazer por você.

Davi se levantou e os dois se abraçaram, chorando muito.

_ Para onde você vai agora, Davi?

_ Não pensei nisso ainda.

_ Bom. Para onde quer que você vá, que Deus esteja com você. Ele fará com que nós e nossos descendentes cumpramos a promessa que fizemos um ao outro.

Davi o abraçou uma última vez e fugiu. Jônatas voltou para o palácio, ainda enxugando as lágrimas. 

Pensava no quanto seria ruim a vida sem o amigo por tempo indeterminado.

Em Cristo!

       A seguir: http://www.codigodabiblia.com/2014/08/i-samuel-20-1-18-jonatas-e-davi-tem-um.html


Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails