Gênesis 3:12,13 - Uma história de amor quase perfeita


Uma história de amor quase perfeita

Gênesis 3:12,13

V-12

Ato I - Era uma vez a historia de um amor perfeito entre um homem e uma mulher. Nunca na história da humanidade se contou um romance tão lindo e original.

Um homem que vivia só em um paraíso e após acordar de seu sono solitário, descobre que de seu próprio corpo nasceu a parte que lhe faltava, a mais linda das criaturas. Os dois trocaram juras de amor e prometeram se amar por toda uma eternidade.

Ato II - Passado algum tempo, este homem apaixonado, depara-se com aquela figura doce e cheia de ternura oferecendo-lhe o fruto de uma arvore proibida. Se comessem deste fruto uma maldição cairia sobre eles. Ela já o tinha comido. O homem não pode resistir aquele sorriso. Ele a amava demais para lhe repreender e talvez perdê-la para sempre. Arriscou-se de tal maneira que lhe surpreendeu por tão grande prova de amor.

Até aquí nos paresse um belo conto de fadas, não fosse a trágica consequência que a continuidade desta história nos deixara como herança.

Ato III - Agora Adão está diante de Deus que lhe faz algumas perguntas difíceis de ser respondidas. A resposta de Adão foi uma tortuosa e evasiva desculpa por sua confusão, o que significava uma acusação contra Deus e a sua amada.

Incrível como se mudou o caráter de Adão neste curto intervalo entre sua última prova de amor por Eva e instante de agora.

O homem que sentia um carinho tão terno por sua mulher, que chegou ao ponto de violar a ordem de Deus a fim de que não fosse separado dela, agora fala dela com antipatia frieza e insensibilidade;

_ A mulher que me destes como colega...

Um dos amargos frutos do pecado é a dureza de coração.

Fique longe de Deus e você verá no tipo de ser humano em que você pode se transformar.
O que mais temos visto ultimamente nos noticiários são crimes bárbaros cometidos por pessoas que aparentemente deveriam amar, más por estarem tão afastados de Deus ganharam um coração de pedra.

Às vezes você até não consegue entender porque um amigo, irmão ou até um cristão pode demonstrar tanta ingratidão com você? Agora você entende!

O humanidade só não está pior porque a presença de Deus está presente neste mundo através de sua igreja.

Más quando a igreja for arrebatada à dureza de coração vai se alastrar assustadoramente.

A insinuação de Adão de que Deus era culpado por sua triste condição, ao ter dado a ele uma criatura tão débil e sedutora, demonstra uma profunda ingratidão.

V-13

Agora Deus vira-se para a mulher.

_ Eva por que você fez isso?

Enquanto Deus interrogava a Adão, a mulher já havia preparado em sua mente uma defesa curta e grossa.

_ A cobra me enganou, e eu comi!

Nem Adão nem sua mulher negaram os fatos, somente procuraram escapar acusando a outro.

Também não deram evidências de arrependimento.

No entanto, existe uma notável diferença entre suas confissões.

A mulher protestou que tinha sido enganada;

Adão admitiu claramente que não foi enganado, aceitou a oferta de Eva com pleno conhecimento de suas conseqüências.


Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Coach, Analista Comportamental e amante da Palavra de Deus!

4 comentários:

  1. Muitas vezes pecamos mesmo sabendo que vamos colher consequências ruins, outras vezes queremos nos justificar e até temos razões para isso, mas o fato é que se estamos longe da vontade de DEUS acabamos fazendo tudo que queremos menos o que agrada ao nosso SENHOR.

    ResponderExcluir
  2. Constantemente somos atacados pelo diabo, nos cabe no entanto agir no direcionamento de Deus, sempre que estamos afastados ou desconectados de Deus, somos realmente enganados e passamos por lutas as quais poderiamos ter evitado, hoje passo por muitas lutas e reconheço que sem Jesus não conseguirei vitória, obrigado amigo pelo incentivo...

    ResponderExcluir
  3. È verdade...
    As lutas não são faceis.......mas nos ensinam a estar sempre aos pés do Senhor.......
    Até nas lutas DEUS nos surpreende......

    ResponderExcluir
  4. PARABÉNS, MUITO INTERESSANTE SEU TEXTO !!!!,
    Esse contraste entre a síndrome do jardim do Éden e a Cruz de Cristo. No jardim do éden aqueles que realmente haviam rejeitado a ordenança de Deus e caindo em desobediência, dando legalidade ao poder do pecado sobre a humanidade não assumiram seu erro, antes buscaram redirecionar a culpa ao conjugue, ao diabo (a serpente, e até mesmo ao próprio Deus.
    Diferentemente na Cruz, aquele que não cometeu nenhum pecado se fez pecado por todos, na Cruz um inocente absorve o pecado de todos, para que diante de Deus fôssemos feito justiça de Deus (2ª Co 5.21)

    ResponderExcluir



Dicas de como usar este blog



1. Ore, peça que Deus fale com você.


2. Leia em sua Bíblia os versículos sugeridos do dia.


3. Agora leia o comentário no blog dos versículos que você acabou de ler em sua Bíblia.



4. Volte para sua Bíblia, e a personalize, faça anotações, sublinhe etc. Quando você ler novamente estes mesmos versículos, vai lembrar-se da mensagem.


5. Se desejar, deixe seu comentário no blog.


6. Guarde em seu coração, o que você aprendeu com a palavra de Deus neste dia e compartilhe com outras pessoas.


7. Indique este blog.


8. Inscreva-se como um seguidor.


A palavra de Deus não é para ser apenas lida como se lê um livro ou um jornal, é para ser meditada, decorada e estudada.

Seguidores