Êxodo 32:20


Moisés destrói o ídolo.

V:20
Depois de quebrar as tábas da lei, Moisés foi em direção ao bezerro de ouro que eles haviam feito, queimou-o no fogo (provavelmente tinha uma armação interna de madeira) e o moeu até virar pó e espalhou o pó na água do ribeiro que descia do monte.

A água descia e acumulava nos poços dando condições ao povo de viver no local. Foram encontrados diversos vestígios desses poços conforme a foto abaixo (ver "well").

_ Agora quando vocês tiverem sede, vão ter que beber da água contaminada pelo seu pecado.

Eles não tinham outra água, ao tomar os israelitas se arriscavam a beber partículas de ouro.

Deste modo o instrumento de seu pecado se transformou em instrumento de seu castigo.

Ao destruir completamente o bezerro de ouro, Moisés ensinou ao povo a total inutilidade e vaidade de um ídolo.

Se o bezerro não podia salvar a si mesmo, certamente não poderia salvar a seus adoradores.

Por hora, esse tinha sido o castigo para povo em geral, Moisés voltaria mais tarde para acertar as contas com alguns idólatras, mas antes ele precisava falar com uma pessoa...

Adivinha quem?

Esse mesmo!

Arão tinha muito o que explicar ao irmão...

Em Cristo!

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Coach, Analista Comportamental e amante da Palavra de Deus!

0 comentários:



Dicas de como usar este blog



1. Ore, peça que Deus fale com você.


2. Leia em sua Bíblia os versículos sugeridos do dia.


3. Agora leia o comentário no blog dos versículos que você acabou de ler em sua Bíblia.



4. Volte para sua Bíblia, e a personalize, faça anotações, sublinhe etc. Quando você ler novamente estes mesmos versículos, vai lembrar-se da mensagem.


5. Se desejar, deixe seu comentário no blog.


6. Guarde em seu coração, o que você aprendeu com a palavra de Deus neste dia e compartilhe com outras pessoas.


7. Indique este blog.


8. Inscreva-se como um seguidor.


A palavra de Deus não é para ser apenas lida como se lê um livro ou um jornal, é para ser meditada, decorada e estudada.

Seguidores