Números 21: 21-35 - Vitória sobre os reis de Moabe e Basã


Vitória sobre os reis de Moabe e Basã

Números 21: 21-35

No último capítulo vimos que, depois do episódio da serpente de bronze, os israelitas marcharam, marcharam, depois marcharam mais um pouco e chegaram ao monte Pisga, já no território de Moabe, número 14 no mapa.

Pois muito bem, de lá Moisés enviou uma mensagem a Seom, rei dos amorreus, com praticamente o mesmo conteúdo da mensagem que enviara ao rei de Edom, explicando quem eram os israelitas, de onde vinham, para onde iam, e pedindo autorização para cortar caminho pelas suas terras.

Os israelitas comprometiam-se a não tocarem nas plantações nem beberem da água dos poços.

Porém, o rei Seom, ao invés de usar de diplomacia, não só recusou passagem, mas reuniu todo o seu povo e foi ao encontro de Israel para combater contra ele.

As semelhanças entre Seom, rei dos amorreus, e o rei anônimo de Edom acabam aqui...

Nós vimos que os edomitas eram considerados pelos israelitas como irmãos, uma vez que descendiam de dois irmãos, Esaú e Jacó, certo?

Vimos também que, por isso, quando o exército edomita veio atacar Israel, o povo apenas escolheu outro caminho e continuou sua jornada para não brigar com eles, certo?

Os amorreus, no entanto, eram descendentes de Ló, sobrinho do patriarca Abraão que teve filhos com as próprias filhas, dando origem aos moabitas e amorreus. Ou seja, parentes distantes e ainda frutos de incesto.

Assim sendo, os israelitas não tiveram a mínima preocupação em reagir ao ataque.

O SENHOR deu vitória absoluta ao povo de Israel, que tomou então posse da terra e das cidades dos amorreus, que estes haviam antes conquistado dos moabitas.

Assim eles conquistaram seu primeiro território, mais tarde ocupado pelas tribos de Rúben e Gade.

Os versículos 27 a 30 consistem em um poema daquele tempo celebrando a vitória.

Os israelitas tomaram todo esse território, inclusive a capital, Hesbom, e ficaram morando por ali.

Havia restado um grupo de amorreus em uma localidade chamada Jazer, dentro daquela área.

Depois de um reconhecimento que Moisés mandou fazer, os israelitas expulsaram os amorreus e tomaram as suas aldeias.

O povo tomou novamente o rumo do norte, e foram enfrentados por Ogue, o rei de Basã, cujo território ficava do outro lado do rio Jaboque.

Mesmo antes da batalha o SENHOR já havia dito a Moisés que havia entregue todo o povo e território de Basã em suas mãos.

E assim sucedeu...

Todo o povo pagão que ali habitava foi destruído, e Israel com isso adquiriu toda a região a leste do mar da Galiléia e do rio Jordão, até o monte Hermom.

É isso aí leitor, quando usamos a nossa fé, Deus nos dá vitória sobre os nossos problemas...

Primeiro, porém, precisamos confiar em Deus e depois tomar as decisões sabendo que o que estamos fazendo está no centro da vontade Dele.

Em Cristo!

A seguir: Moabitas e Midianitas se unem contra Israel

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Coach, Analista Comportamental e amante da Palavra de Deus!

0 comentários:



Dicas de como usar este blog



1. Ore, peça que Deus fale com você.


2. Leia em sua Bíblia os versículos sugeridos do dia.


3. Agora leia o comentário no blog dos versículos que você acabou de ler em sua Bíblia.



4. Volte para sua Bíblia, e a personalize, faça anotações, sublinhe etc. Quando você ler novamente estes mesmos versículos, vai lembrar-se da mensagem.


5. Se desejar, deixe seu comentário no blog.


6. Guarde em seu coração, o que você aprendeu com a palavra de Deus neste dia e compartilhe com outras pessoas.


7. Indique este blog.


8. Inscreva-se como um seguidor.


A palavra de Deus não é para ser apenas lida como se lê um livro ou um jornal, é para ser meditada, decorada e estudada.

Seguidores