Juízes 9:42-49 - Abimeleque ataca Siquém



Abimeleque ataca Siquém

No dia seguinte o povo de Siquém saiu para os campos a fim de trabalhar.

E Abimeleque que ainda estava receoso com o povo que havia apoiado Gaal, resolveu atacá-los quando soube que estavam desprevenidos 

Então ele dividiu os seus homens em três grupos e os deixou escondidos no campo, esperando.

Quando Abimeleque viu muitas pessoas saindo da cidade, saiu de onde estava escondido e os matou.

Depois Abimeleque e o seu grupo atacaram de surpresa e tomaram conta do portão da cidade.

Os outros dois grupos atacaram o povo que estava nos campos e mataram todos.
Siquém nos dias de hoje
Depois Abimeleque entrou na cidade e combateu o povo de Siquém o dia todo, até  tomar a cidade e matar os seus moradores.

Depois de destruir a cidade, espalhou sal no chão.

Espalhar sal nas ruínas era uma ação simbólica para expressar o desejo de que a cidade permaneceria deserta e desabitada para sempre.

Quando os chefes de Torre de Siquém souberam disso, foram todos para a fortaleza do templo de Baal-Berite para ficar em segurança.

Nos tempos antigos, os templos eram considerados lugares de abrigo.

A literatura grega clássica contém muitas referências de pessoas fugiam para templos em busca de abrigo político.

Mas Abimeleque soube que tinha mais gente escondida por lá.

Para poupar tempo e esforço e não entrar no local sagrado, resolveu não derrubar a grossa porta de madeira do templo, teve a ideia de subir o monte Salmom com os seus homens e cortar galhos de árvores  e disse aos homens para fazerem depressa a mesma coisa.

Depois eles seguiram Abimeleque e fizeram uma pilha de galhos encostados na fortaleza.

Em seguida puseram fogo nos galhos e queimaram a fortaleza com toda a gente dentro.

O intenso calor do fogo destes ramos logo pegou fogo nos revestimentos de madeira, e, como resultado morreram 1000 homens e mulheres que haviam se refugiado nos quartos cavernosos.

A profecia de Jotão foi literalmente cumprida.

Ele havia dito que o rei destruiria o povo de Siquém com fogo (v. 20).

Embriagado com o cheiro da matança, Abimeleque decidiu que ainda queria brincar de matar mais gente...

Com tão fraca resistência, seus homens pouco se cansaram, o que dava tempo ainda de se divertir atacando mais uma cidade e ainda voltar a tempo para o jantar...

O alvo escolhido foi Tebes...

Mas esse será assunto para a próxima postagem.

Em Cristo!

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Coach, Analista Comportamental e amante da Palavra de Deus!

3 comentários:

  1. Otimo post. Claro e objetivo. Me ajudou muito. Obg

    ResponderExcluir
  2. Bom dia. Tenho uma dúvida sobre essa passagem bíblica: "torre de Siquém" era uma torre existente na cidade de Siquém, ou era uma cidade próxima a Siquém com esse nome?

    ResponderExcluir



Dicas de como usar este blog



1. Ore, peça que Deus fale com você.


2. Leia em sua Bíblia os versículos sugeridos do dia.


3. Agora leia o comentário no blog dos versículos que você acabou de ler em sua Bíblia.



4. Volte para sua Bíblia, e a personalize, faça anotações, sublinhe etc. Quando você ler novamente estes mesmos versículos, vai lembrar-se da mensagem.


5. Se desejar, deixe seu comentário no blog.


6. Guarde em seu coração, o que você aprendeu com a palavra de Deus neste dia e compartilhe com outras pessoas.


7. Indique este blog.


8. Inscreva-se como um seguidor.


A palavra de Deus não é para ser apenas lida como se lê um livro ou um jornal, é para ser meditada, decorada e estudada.

Seguidores