Juízes 11:12-28 - A diplomacia de Jefté


A diplomacia de Jefté

 Antes de entrar em luta com os amonitas, Jefté foi se anunciando como o novo líder dos gileaditas trocando mensagens com o Rei dos amonitas, falando em nome de Israel como um príncipe reconhecido.

Jefté mandou emissários ao rei amonita para indagar porque estava atacando os israelitas em Gileade.

Nesta mensagem apresentou um protesto formal pela invasão amonita.

Os mensageiros levaram uma mensagem com o seguinte conteúdo:



Embora Jefté fosse um bravo guerreiro, não tinha prazer na guerra, preferia evitar isso através de negociações pacíficas.

O rei dos amonitas respondeu imediatamente:


Jefté ficou revoltado com a cara de pau do rei amonita, mas manteve a calma e respondeu enviou seus mensageiros com mais uma carta.

Isso atesta a natureza pacífica de Jefté, e é louvável que ainda estivesse tentando terminar o litígio através de negociações, para evitar inútil derramamento de sangue.


Quando o rei dos amonitas viu os mensageiros com mais uma mensagem, não quis nem ouvir a mensagem que Jefté havia mandado.

É evidente que o rei de Amom não se incomodou em responder aos argumentos de Jefté.

Só se preocupava com o argumento da espada.

Como veremos na próxima postagem!

Em Cristo!

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Coach, Analista Comportamental e amante da Palavra de Deus!

0 comentários:



Dicas de como usar este blog



1. Ore, peça que Deus fale com você.


2. Leia em sua Bíblia os versículos sugeridos do dia.


3. Agora leia o comentário no blog dos versículos que você acabou de ler em sua Bíblia.



4. Volte para sua Bíblia, e a personalize, faça anotações, sublinhe etc. Quando você ler novamente estes mesmos versículos, vai lembrar-se da mensagem.


5. Se desejar, deixe seu comentário no blog.


6. Guarde em seu coração, o que você aprendeu com a palavra de Deus neste dia e compartilhe com outras pessoas.


7. Indique este blog.


8. Inscreva-se como um seguidor.


A palavra de Deus não é para ser apenas lida como se lê um livro ou um jornal, é para ser meditada, decorada e estudada.

Seguidores