Juízes 11:32-40 - O voto de Jefté


O voto de Jefté 

Juízes 11:32-40

Então Jefté atravessou o rio para lutar contra os amonitas, e o SENHOR lhe deu a vitória.

Ele derrotou os amonitas desde Aroer até perto de Minite, vinte cidades ao todo e continuou até Abel-Queramim.

Houve uma grande matança, e os israelitas derrotaram os amonitas.

Voltando para casa muito feliz Jefté, pensava; qualquer coisa que sair da porta de minha casa será dedicada exclusivamente ao Senhor, pode ser uma pessoa ou um animal, vou oferecê-lo ao Senhor...

Mas quando chegou a sua casa, em Mispa, a sua filha saiu ao seu encontro, dançando e tocando pandeiro.

Era filha única, ele não tinha mais nenhuma filha ou filho. Quando Jefté a viu, ficou desesperado, rasgou as suas roupas e disse:

_ Ah! Minha filha! Você está partindo o meu coração! Por que tem de ser você quem me vai fazer sofrer?

_ Não entendi papai...

_ Eu fiz uma promessa a Deus e não posso voltar atrás. Conforme a interpretação que demos na ultima postagem, ele teria que dedicar esta sua única filha ao SENHOR, significando que ela não poderia casar nem dar-lhe uma descendência. Ela respondeu:

_ Está bem papai. Se o senhor fez uma promessa a Deus, faça de mim o que prometeu. Pois Deus deixou que o senhor se vingasse dos nossos inimigos, os amonitas.

Por sua limitada compreensão da natureza de Deus, ela sinceramente acreditava que a vitória tinha sido ganha por causa do voto de seu pai, e que seu sacrifício era um preço adequado a ser pago por essa vitória.

Jefté cumpriu o seu voto, embora percebendo que eliminava a possibilidade dele ter descendência, e sabendo da tristeza que causaria à sua filha. 

A Bíblia diz que fazer um voto diante de Deus é coisa séria: "quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque não se agrada de tolos.

Cumpre o voto que fazes. Melhor é que não votes do que votes e não cumpras." (Eclesiastes 5:4,5).

A filha conformou-se, resignada, ao cumprimento do voto do seu pai.

Era uma tragédia para ela, pois as jovens naquele tempo só se achavam realizadas quando casavam e tinham filhos, e as solteironas ou mulheres sem filhos eram desprezadas.

Ela nunca poderia se casar, nunca seria apresentada como noiva a algum homem, mas a sua vida seria dedicada ao SENHOR, provavelmente como humilde serva dos sacerdotes no tabernáculo.

_ Só peço uma coisa papai: deixe que eu vá com as minhas amigas pelos montes e chore durante dois meses porque nunca chegarei a ser mãe.

E o pai deixou que ela fosse por dois meses.

Então ela e as suas amigas saíram pelas montanhas, chorando porque ela nunca chegaria a ser mãe.

Suas jovens amigas, com quem tinham conversado muitas vezes e sonhavam com um futuro casamento, se juntaram para lamentar o triste caso dela.

A perspectiva de não ser capaz de compartilhar a alegria da celebração de um casamento ou o prazer de criar os filhos era muito amarga para uma menina hebraica.

Isso significava que a filha de Jefté e a casa de seu pai perderia a esperança de compartilhar as glórias futuras de Israel.

Depois dos dois meses, ela voltou para o pai.

O capítulo termina dizendo que este caso inédito na Bíblia tornou-se costume em Israel, para as moças saírem todos os anos por quatro dias para celebrar a memória dessa jovem.

Em Cristo!

Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Coach, Analista Comportamental e amante da Palavra de Deus!

2 comentários:

  1. Parabéns muito edificante este estudo. A realidade é desta forma. Abraço. Evangelista Natal.

    ResponderExcluir



Dicas de como usar este blog



1. Ore, peça que Deus fale com você.


2. Leia em sua Bíblia os versículos sugeridos do dia.


3. Agora leia o comentário no blog dos versículos que você acabou de ler em sua Bíblia.



4. Volte para sua Bíblia, e a personalize, faça anotações, sublinhe etc. Quando você ler novamente estes mesmos versículos, vai lembrar-se da mensagem.


5. Se desejar, deixe seu comentário no blog.


6. Guarde em seu coração, o que você aprendeu com a palavra de Deus neste dia e compartilhe com outras pessoas.


7. Indique este blog.


8. Inscreva-se como um seguidor.


A palavra de Deus não é para ser apenas lida como se lê um livro ou um jornal, é para ser meditada, decorada e estudada.

Seguidores